Tudo de Taxa de IPVA

Tudo de Taxa de IPVA

O IPVA – É a sigla, que toda pessoa que possui veículo deve conhecer.

Sendo assim, a sigla significa – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores e se trata de um imposto anual, pago pelos proprietários de veículos.

Entretanto, esses veículos precisam ser automotores e terrestres, como:

  • Automóveis;
  • Motocicletas;
  • Caminhões;
  • Ônibus.

No entanto, mesmo sendo algo comum entre os proprietários, ainda existem muitas dúvidas sobre o imposto.

Portanto, vamos mostrar tudo sobre essa taxa referente a veículos.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre IPVA, DPVAT, Licenciamento e Multas de transito:

Lembrando que, antigamente tínhamos o TRU – Taxa Rodoviária Única, que servia como imposto para conservação de estradas e rodovias.

No entanto, com a criação do pedágio, o TRU foi instinto, ficando somente o IPVA, com o intuito de arrecadar receita para os estados e municípios.

consultar ipva pelo renavam
Consultar IPVA Pelo RENAVAM

Consultar IPVA Pelo RENAVAM

Aprenda a Consultar RENAVAM – Depois de adquirir um veículo, é importante fazer uma consulta do IPVA e ao mesmo tempo, ir se acostumando com outras siglas como, DPVAT e RENAVAM.

Entretanto, é sobre o RENAVAM que vamos falar nesse artigo.

Portanto, aqui você irá entender o que é, como é feito, para que serve, além de outras informações relevantes sobre o RENAVAM.

Sendo assim, vamos mostrar tudo sobre esse documento.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Consultar RENAVAM:

O Que É O RENAVAM

Primeiramente, é preciso entender o que é o RENAVAM e porque ele é tão importante.

Sendo assim, a sigla significa – Registro Nacional de Veículos Automotores.

Assim, esse documento é como se fosse a Certidão de Nascimento, RG, CPF, Certidão de Casamento ou a Certidão de Óbito do veículo.

Lembrando que, desde 2013 o RENAVAM tem 11 dígitos, com dois zeros na frente e os demais dígitos, representando o estado onde o veículo é cadastrado.

Entretanto, a numeração vai de 00xxxxxx-x até 59xxxxxx-x, nessa representação estatal que identifica o veículo.

No entanto, se a numeração for 60000000-0, isso significa que ela passa a ser nacional e única.

Vale lembra, que com este código, é possível ter o histórico completo do veículo, desde a produção, ao descarte total do mesmo.

Assim, nele estão contidas algumas informações importantíssimas, como emplacamento, licenciamento e outros.

E, com este documento, é possível consultar a placa do veiculo, consultar multas, ver se é preciso pagar IPVA, dentre outros.

Lembrando que, o código vem impresso na parte de cima do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, ou, no documento de transferência.

Vale saber, que o CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, é emitido pelo DETRAN.

RENAVAM – A Partir De Que Momento Ele É Feito?

Primeiramente, assim que o veículo sai da fábrica onde foi construído, ele recebe um número de chassi, que é chamado de NIV.

Sendo assim, esse NIV – Número de Identificação do Veículo, é a primeira informação que será registrada no RENAVAM.

E, uma vez criado, o código do RENAVAM do veículo será sempre o mesmo.

Como Consultar RENAVAM

A consulta RENAVAM do seu veículo junto ao DETRAN, não exige muita burocracia, ao contrário do que muita gente pensa.

E, essa consulta, é bom salientar, está amparada pela Portaria Nº 65/2002 do Departamento Nacional de Trânsito.

Primeiramente, para realizar a consulta RENAVAM, não é necessário nenhum documento comprobatório.

Entretanto, terá de acessar a site do DETRAN do seu estado.

No entanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran para consulta.

Lembrando que, irá precisar dos números do RENAVAM e a placa do veículo.

Sendo assim, você poderá saber se o veículo que está adquirindo, está com alguma multa ou imposto atrasado.

Portanto, através da consulta RENAVAM, você obterá qualquer tipo de informação útil a respeito do veículo.

RENAVAM – Para Que Serve Esse Documento?

Primeiramente, o RENAVAM serve para você conseguir qualquer informação pertinente a respeito do seu veículo.

Sendo assim, com a numeração do documento em mãos, você saberá se o veículo que adquiriu tem débitos pendentes.

Ou seja, você consegue ter acesso a todas irregularidades do veículo.

Assim, poderá saber a respeito dos impostos atrasados, licenciamento, emplacamento e até recal, pelos quais o veículo possa ter passado.

Basicamente, o RENAVAM é o histórico do veículo, um raio-x de tudo o que foi feito.

Lembrando que, as informações que se encontram através do RENAVAM, estão arquivadas no DENATRAM, que repassa essas informações para os respectivos DETRAN.

Então, se você deseja descobrir algo sobre o seu veículo ou sobre um veículo seminovo adquirindo, é só acessar o site do Detran no final do artigo.

Assim, preenchendo a placa do veículo, juntamente com o RENAVAM, é possível consultar as multas.

Portanto, é importante fazer a consulta IPVA do veículo e saber se precisa pagar IPVA.

A Diferença Entre Código De Marca/Modelo E RENAVAM

Na hora de consultar as informações relacionadas ao RENAVAM, é importante não confundir com o código de Marca/Modelo do veículo.

Isso porque, o código de Marca/Modelo, é o código que identifica a versão de fabricação do veículo.

Portanto, é diferente do RENAVAM, que serve para identificar o histórico da documentação do veículo.

Obtendo O Código RENAVAM Com A Placa

Vale lembrar, que na maioria dos sites de departamentos estaduais de trânsito, é necessário ter o número do RENAVAM.

Contudo, algumas empresas privadas conseguem adquirir o número do RENAVAM, apenas com a placa do seu veículo.

Sendo assim, essas empresas são:

  • Carcheck;
  • Checkauto;
  • Entre outras.

Lembrando que, o acesso de empresas privadas ao RENAVAM,é permitido através da Portaria Nº 15/2016 do Denatran.

No entanto, esse é um tipo de serviço pago e os valores cobrados pelas empresas, são estabelecidos através da Portaria 55/2016.

Entretanto, de maneira geral, o código do RENAVAM será sempre solicitado para fazer a consulta IPVA.

Portanto, percebe-se a importância de te-lo em mãos, sempre que necessário fazer algum tipo de consulta.

RENAVAM – Atualização Pós-Venda

Primeiramente, quem está vendendo um veículo usado, precisa tomar alguns cuidados em relação a esse documento.

O Código de Trânsito Brasileiro, no artigo 134, diz que o proprietário tem 30 dias para comunicar e comprovar a venda ao DETRAN.

No entanto, caso não faça essa comunicação, o atual proprietário do veículo pode cometer infrações e as multas chegarem ao antigo proprietário.

Portanto, é importante manter os dados do RENAVAM do veículo atualizado, assim, você se previne de transtornos futuros.

Sendo assim, antes de comprar um veículo, peça ao vendedor o número do RENAVAM.

Assim, através dele que você consegue fazer a consulta IPVA e verificar débitos pendentes.

RENAVAM – Quitando Débitos

Além do IPVA e do DPVAT, multas que não foram pagas do veículo, também acabam ficando vinculadas a ele.

Portanto, aqui está mais uma utilidade útil do RENAVAM, pois com ele, você tem acesso a todas as multas pendentes.

Entretanto, em caso de existir multas que não foram sofridas por você, é necessário recorrer através de uma notificação.

Sendo assim, essa notificação deverá ser enviada ao Detran pelos Correios, com o seu endereço atualizado.

Em caso de recusa desse recurso, você ainda tem a Junta Administrativa de Recursos de Infração e o Conselho Estadual de Trânsito, para recorrer.

Portanto, procure os seus direitos, pois eles são garantidos por lei.

consultar debitos ipva
Consultar Débitos IPVA

Consultar Débitos IPVA

Consultar Débitos IPVA – São tributos que devem ser pagos anualmente, pelos donos de qualquer veículo (carro, moto, etc).

No entanto, o valor do IPVA, é calculado com base no valor do veículo comprado.

Lembrando que, a sua quitação é um requisito básico para o licenciamento.

Sendo assim, do total que se arrecada com o imposto, 50% vai para o governo estadual e 50% para o município, no qual o veículo foi emplacado.

Entretanto, ao contrário do que se pensa, essa arrecadação não se destina a obras relacionadas ao trânsito, como a colocação de sinais e tudo mais.

Assim, essa arrecadação, é uma receita destinada à saúde, educação, saneamento, entre outras áreas.

Vale lembrar, que a consulta é muito importante, onde é possível também consultar multa de automóvel, através de uma consulta placa Detran.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Consultar Débitos IPVA:

Como Consultar Débitos IPVA

Muitas pessoas têm dúvidas de como se consulta IPVA, além da consulta RENAVAM, que fornece informações básicas sobre o seu veículo.

No entanto, para fazer a consulta IPVA ou de qualquer outro débito, basta clicar aqui.

Sendo assim, ao acessar o link, alguns dados se fazem necessário, para que a consulta possa ser feita tranquilamente.

Primeiramente, será necessário colocar o número do RENAVAM do seu veículo, no campo indicado.

Assim, pela consulta RENAVAM, é possível acessar as informações do veículo.

Em seguida, você terá que colocar a placa do seu veículo (também no campo indicado), digitando aquele código de segurança alfanumérico.

Após isso, basta clicar em Consultar, que a consulta IPVA será realizada.

Assim, aparecerá no site, todo tipo de informação que você precisa, com o título “Débitos Vinculados ao Veículo”.

Então, aparecerão dados como faixa do IPVA, ano de fabricação, último licenciamento e outros.

E, o mais importante, aparecerá informações de débitos ativos e não-ativos, taxas e multas, caso tenham.

Consultar Placa De Veiculo

Primeiramente, vamos começar falando da importância de a consultar placa do veiculo.

Isso porque, diversas pendências podem ser vistas, através de uma simples consulta placa Detran.

Sendo assim, você consegue consultar multas e ver se possui alguma irregularidade no IPVA ou no licenciamento.

Assim, fazer a consulta placa Detran, é um procedimento bem simples, realizado no site do Detran da sua região.

No entanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran para consulta.

Portanto, ao acessar o site, é possível consultar multas, indo na área chamada de “consulta veículos”.

Em seguida, é só inserir a placa do veículo e preencher as informações do Renavam.

Feito isso, nos resultados, aparecerão multas de trânsito e informações do veículo, caso seja roubado e tudo mais.

Portanto, é fato de que a consulta placa Detran, é muito importante.

Recebimento Da Via Para Pagamento

Agora que sabemos da importância da consulta placa veículo, vamos falar sobre o recebimento da via para pagamento do IPVA.

Lembrando que, o dono do veículo, recebe em sua residência um Aviso de Vencimento do imposto para pagá-lo, que contém, informações do veículo, formas de pagamento e outros.

Entretanto, o não pagamento desse imposto, implica em multa e o bloqueio do licenciamento do veículo.

Vale lembrar, que o valor do IPVA varia de estado para estado, exemplo, em São Paulo se cobra a maior alíquota de todas.

Sendo assim, esse é um dos motivos que estão fazendo donos de veículos, fazerem a licença em estados com alíquotas mais baratas.

Contudo, esse procedimento é considerado ilegal.

Portanto, o proprietário que for pego nessa situação, será notificado, devendo pagar o imposto do ano atual, em seu estado de origem.

Observações Nos Débitos Do IPVA

Primeiramente, o pagamento do IPVA, não regulariza por completo a situação do seu veículo.

Sendo assim, é necessário que todos os débitos relacionados ao seu veículo, como DPVAT, Licenciamento, Multas entre outros, estejam devidamente quitados.

Portanto, pelo site do Detran, você pode consultar débitos IPVA, como informações sobre as taxas de licenciamento, multas, e outros.

Como Pagar IPVA Atrasado

Primeiramente, tanto no site da Secretaria da Fazenda como no site do Detran, você pode fazer a consulta IPVA ou a consulta RENAVAM.

Sendo assim, também é possível imprimir a guia de pagamento, em caso do IPVA estiver atrasado.

Assim, basta que você preencha os dados corretos do seu veículo, que a guia ficará disponível para emissão.

Lembrando que, em alguns Estados, é possível pagar o boleto em caixas eletrônicos, ou em bancos filiados ao governo estadual.

No entanto, as informações de quais bancos são afiliados ao governo do seu estado, você encontra no site da Secretaria da Fazenda ou do Detran do seu Estado.

Consequências De Não Pagar O IPVA

Primeiramente, caso possua IPVA atrasado, você precisará pagar juros devido a esse atraso.

Isso porque, essa regra é determinada, através da portaria emitida pelo Sefaz de cada estado em questão.

Contudo, a penalidade maior por não pagar IPVA, é que você não poderá fazer a renovação anual do seu licenciamento.

Lembrando que, o licenciamento em dia, é uma prerrogativa básica para que o veículo possa trafegar livremente pelas vias públicas do país.

Portanto, de acordo com o artigo 131 do Código de Trânsito Brasileiro, não pode haver débitos para se fazer o licenciamento.

Como Recorrer Da Multa Do IPVA Atrasado

Assim como ocorre com uma multa de trânsito, você também pode recorrer à multa por não pagar IPVA.

No entanto, o difícil será justificar o atraso do pagamento.

Entretanto, imaginamos que a regularização não tenha sido feita, por falha no sistema do órgão de trânsito.

Nesse caso, o recurso precisa incluir recibos e outros documentos, para que possa isentar o proprietário da culpa pelo atraso.

Sendo assim, para recorrer a essa multa, o proprietário poderá fazer uma Defesa Prévia no órgão do seu estado.

Lembrando que, caso a resposta ao recurso seja negativa, ele poderá recorrer à Junta Administrativa de Recursos de Infrações.

E, por fim, ele ainda pode apelar ao CETRAN – Conselho Estadual de Trânsito, em último caso.

IPVA Atrasado

Como já mencionamos, é muito importância estar em dia com as taxas que precisam ser pagas, em relação ao veículo.

Sendo assim, tanto a consulta IPVA, como a consulta RENAVAM, é importante para que você saiba a real situação do veículo.

Caso contrário, além de multado, você pode ficar impedido de trafegar até regularizar a situação.

Entretanto, alguns veículos são isentos da taxa do IPVA, devido o ano de fabricação.

No entanto, Caso não tenha isenção, fique atento ao calendário para pagar IPVA.

Portanto, fique atento e mantenha seu veículo sempre regularizado.

como pagar ipva
Como Pagar IPVA

Como Pagar IPVA

Veja como Pagar IPVA – O pagamento, é uma necessidade básica para evitar transtornos em relação ao seu veículo.

Isso porque, com ele atrasado, além de pagar multa caso seja parado em uma blitz, você perderá 7 pontos na carteira de habilitação.

Lembrando que, é muito importante fazer a consulta para verificar pendencias.

Portanto, pagar IPVA na data correta, é importante para manter os documentos do veículo em dia.

No entanto, caso não consiga quitar, você irá arcar com multas e ainda pagar os gastos com pátio, caso seu veículo seja apreendido.

Entretanto, como fazer a consulta IPVA? Ou, como fazer uma consulta RENAVAM?

Sendo assim, vamos mostrar tudo sobre essa taxa referente a veículos.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Pagar IPVA:

Como Pagar IPVA

Primeiramente, tanto no site da Secretaria da Fazenda como no site do Detran, você pode fazer a consulta IPVA ou a consulta RENAVAM.

Sendo assim, também é possível imprimir a guia de pagamento, em caso do IPVA estiver atrasado.

Assim, basta que você preencha os dados corretos do seu veículo, que a guia ficará disponível para emissão.

Lembrando que, em alguns Estados, é possível pagar o boleto em caixas eletrônicos, ou em bancos filiados ao governo estadual.

No entanto, as informações de quais bancos são afiliados ao governo do seu estado, você encontra no site da Secretaria da Fazenda ou do Detran do seu Estado.

Sendo assim, no final do artigo listamos vários Sites Do Detran para consulta.

Lá tem como consultar multas, consulta placa DETRAN, entre outras coisas.

Como Saber A Data De Pagamento Do IPVA

A consulta para pagamento, é feito via Internet no site da Secretaria da Fazenda do seu estado.

No entanto, fique atento, pois em algumas localidades o aviso de vencimento ainda é feito via Correios.

Lembrando que, o valor também fica disponível na rede bancária, precisando apenas do número do RENAVAM do veículo.

Contudo, a consulta é um procedimento simples e fácil de fazer.

Como Pagar IPVA Fora Do Prazo

Caso você tenha feito uma consulta IPVA e verificou que venceu o prazo de pagamento, não se preocupe.

Isso porque, é possível pagar o IPVA mesmo atrasado, porém, paga multa e perde o benefício de parcelamento.

Sendo assim, o pagamento parcelado é a mais escolhidas entre os proprietários.

Contudo, caso você perca todos os prazos para pagamento, o jeito é arcar com os juros mesmo.

Lembrando que, se a dívida ultrapassar 60 dias, o percentual da multa será de 20% do valor total do IPVA.

E, se a inadimplência persistir, além de ficar com nome sujo na praça, você ainda ficará impossibilitado de realizar o licenciamento do seu veículo.

Portanto, faça o pagamento do IPVA dentro do prazo, assim você evita transtornos.

Como Pagar IPVA Sem Apertar O Bolso

Todo início de ano é aquela mesma situação, onde os proprietários de veículos tentam buscar a melhor forma de pagarem o seu IPVA.

E, como o não pagamento do imposto implica numa questão bem séria, como a não realização do licenciamento do veículo, é preciso atenção redobrada.

Entretanto, uma dúvida de muitos proprietários, é saber o que é mais vantajoso, pagar esse imposto à vista ou parcelado.

Sendo assim, o melhor forma é à vista e dentro do prazo, assim, você tem direito ao desconto.

No entanto, o parcelamento oferecido pela Fazenda estadual é o mais solicitado.

Contudo, o importante é você ter um bom planejamento das suas finanças, para que no início do ano, o pagamento do IPVA já esteja no orçamento.

E, caso o orçamento esteja apertado, pode ser feito o parcelamento do IPVA.

Tem Como A Dívida Prescrever

Existe algo chamado decadência de uma obrigação financeira, que é quando o órgão arrecadador, não expede notificação de pagamento em cinco anos.

Quando isso ocorre, há uma decadência da necessidade de se pagar o IPVA, ou seja, a dívida é extinta por completo.

Já a prescrição, é diferente da decadência.

Nesse caso, a pessoa recebe a notificação de pagamento, porém, não efetua o pagamento da dívida.

Após cinco anos, caso o órgão arrecadador não cobre, nem execute a dívida, há a prescrição e o proprietário do veículo fica isento do pagamento.

Porém, não confie nessa possibilidade, tenha sempre em mente a necessidade de pagar IPVA em dia.

Assim, ao pagar IPVA sem esperar que isso aconteça, garante a você segurança na documentação do seu veículo.

Consultando Parcelas Atrasadas Do IPVA

Digamos, que você consultou o site da Procuradoria Geral do Estado e descobriu que não está com débito.

No entanto, isso não significa que você não deve absolutamente nada, pois, a inscrição na dívida, pode ainda não ter sido atualizada.

Sendo assim, o correto é acessar o site da Secretaria da Fazenda do seu estado e consultar pendencias.

E, caso exista pendencias, basta emitir uma guia de pagamento, o que é algo muito simples de se fazer.

Lembrando que, para acessar essa seção, é necessário que você tenha o número do seu RENAVAM e da placa do veículo.

Atraso No IPVA Impede Transferência De Veículo

De maneira objetiva, a resposta para a pergunta acima, é sim.

Assim, como o licenciamento anual, que só pode ser feito após o pagamento dos débitos, o mesmo ocorre com a emissão do Certificado de Registro.

Neste caso, o comprador de um veículo usado deve ficar atento, pois é necessário preencher um novo certificado.

Em seguida, este certificado deverá ser autenticado em cartório.

Nesse meio tempo, enquanto o vendedor precisa comunicar ao DETRAN a venda do veículo, o comprador tem 30 dias para conseguir o novo registro.

Caso contrário, o novo proprietário do veículo pode arcar com dívidas do antigo dono do veículo.

Duvidas Sobre IPVA
Duvidas Sobre IPVA

Duvidas Sobre IPVA

Tire todas suas duvidas sobre IPVA – Qual a melhor maneira de fazer o pagamento do IPVA? Como consultar multas do meu veículo? Como Fazer uma consulta RENAVAM?

Sendo assim, muitas pessoas tem dúvidas sobre essas taxas, de como consultar e também, de como fazer o pagamento.

Portanto, vamos mostrar informações importantes, para ajudar evitar ficar em dívida com esse imposto e prejudicar na documentação do seu veículo.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos de Duvidas Sobre IPVA:

Como É Calculado O IPVA

Primeiramente, você já deve ter se perguntado, como chegam ao valor cobrado do imposto.

Sendo assim, todo ano até o mês de outubro, a Secretaria da Fazenda divulga uma tabela que contém o valor venal dos veículos.

Assim, é um valor praticado até o mês de setembro, de acordo com a localidade de cada veículo registrado.

Lembrando que, o valor do pagamento do IPVA, será calculado, em cima do preço médio de venda do veículo no mercado.

Portanto, ao pagar IPVA, você está pagando um percentual em relação ao valor do veículo, correspondente ao seu Estado de origem.

O Que É O RENAVAM

É muito importante que você sempre faça uma consulta RENAVAM, para assim, obter toda informação do veículo.

Lembrando que, o RENAVAM nada mais é do que, o Registro Nacional de Veículos Automotores, um documento que possui todas as informações do veículo.

Sendo assim, ao fazer uma consulta RENAVAM, você obterá todos os dados do seu veículo, como ano de fabricação, emplacamento, troca de propriedade, mudança de estado, entre outros.

E, essas informações, estão disponíveis a nível nacional do DENATRAN e a nível estadual do DETRAN.

Portanto, uma simples consulta RENAVAM, ajuda você a saber sobre todas as pendencias do veículo.

Formas De Pagamento IPVA

Para realizar o pagamento, o dono do veículo em questão, possui duas formas para pagamento.

Sendo assim, a primeira delas é o pagamento à vista, onde o dono do veículo obterá desconto no mês de vencimento da primeira parcela.

Entretanto, isso quando o estado disponibiliza esse tipo de desconto no pagamento.

E, a outra forma é pagar IPVA parcelado, sendo em três parcelas, onde os meses são determinados pelo dígito final da placa.

No entanto, é importante ficar atento com os prazos estabelecidos, para a possibilidade desse parcelamento.

Lembrando que, a solicitação desse parcelamento, deverá ser feita no primeiro mês de pagamento do imposto.

O IPVA É Restituído Em Caso De Roubo Ou Furto

A boa notícia é que, na maior parte dos estados, você consegue restituir o valor pago do imposto.

Sendo assim, o que o contribuinte deve fazer, é ir na Receita Federal e apresentar dois documentos:

  • Registro do veículo;
  • Boletim de ocorrência.

Assim, lá será informado o prazo e o valor que será restituído.

O Veículo Pode Ser Apreendido Por Falta De Pagamento Do IPVA

É inconstitucional fazer a apreensão de um veículo em uma blitz, por causa do IPVA atrasado.

Isso porque, segundo muitos juristas, isso se configura como abuso de autoridade e do poder da polícia do estado.

No entanto, mesmo com o carro não sendo apreendido, é importante ter o pagamento em dia, pois sem isso, você não faz o licenciamento anual.

E, sem o licenciamento, aí sim o veículo pode ser apreendido, pois estará com documentação irregular.

Portanto, lembre-se de fazer uma consulta IPVA, para que seu veículo continue regularizado.

Mesmo Com O IPVA Atrasado, Posso Pagar O Tributo Deste Ano?

Em relação ao pagamento do IPVA em si, pode pagar tranquilamente.

Porém, é bom ressaltar, que possuindo débitos pendentes, o licenciamento anual não poderá ser realizado.

Portanto, faça uma consulta e verifique de fato, se há dívidas pendentes dos exercícios anteriores.

E, claro, é sempre bom consultar multas, já que elas também impedem a realização do licenciamento.

Sendo assim, o ideal é fazer uma consulta completa do veículo, para saber se está tudo regularizado.

Existe Isenção De IPVA

Sim, existem alguns tipos de veículos, que são isentos desse imposto.

Sendo assim, os veículos são:

  • Veículos de entidades filantrópicas;
  • Veículos de aluguel;
  • Veículos de reboque e similares;
  • Veículos adaptados de portadores de necessidades especiais;
  • Veículos do poder e de transporte público.

Como Verificar Débitos Do IPVA

Débitos relacionados à IPVA, multas, licenciamento, e outros, precisam ser verificados no site da Receita Federal ou Detran de cada estado.

Sendo assim, no final do artigo listamos vários Sites Do Detran para consulta.

Lá tem como consultar multas, consulta placa DETRAN, entre outras coisas.

Portanto, é muito importante fazer a consulta, para ficar ciente sobre débitos existentes.

Licenciamento Atrasado
Licenciamento Atrasado

Licenciamento Atrasado

Consulte seu Licenciamento Atrasado – A taxa atrasada pode virar um problema na sua vida, caso seja parado em uma blitz.

Sendo assim, compensa mais, pagar o licenciamento dentro do prazo de vencimento e não utilizar o veículo em caso de atraso.

Portanto, nesse artigo iremos mostrar todos os cenários possíveis que pode acontecer, se o licenciamento Detran estiver atrasado.

Assim, desde as informações sobre a apreensão do carro, até o valor da multa por atraso do licenciamento.

Entretanto, mostraremos como fazer para regularizar o valor do licenciamento.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Licenciamento Atrasado:

Multa Por Licenciamento Atrasado

A principal consequência em atrasar o licenciamento, é a multa.

No entanto, por ser considerado uma infração gravíssima, você perderá 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Além disso, se você já tiver acumulado pontos de outras multas, é possível que ainda perca a CNH.

E, o valor da multa em caso de atraso no licenciamento de veículos, é de R$ 293,47.

Ou seja, você acabará tendo que desembolsar valores muito maiores do que se tivesse pago a taxa de licenciamento em dia.

Por isso, é importante fazer a consulta licenciamento, para saber o valor a ser pago.

Entretanto, caso você não tenha o valor para o licenciamento Detran, a recomendação, é que você não circule com o veículo.

Lembrando que, não importa quanto tempo você esta sem pagar licenciamento, a multa continua a mesma.

Portanto, não se multiplica o valor da multa pelo tempo de atraso no licenciamento Detran.

Apreensão Por Licenciamento Atrasado

Vale lembrar, que não basta apenas ter de pagar a multa, você ainda terá o seu veículo apreendido.

Isso porque, de acordo com a lei, circular com o automóvel com a taxa de licenciamento atrasada, é motivo de apreensão.

E, o pior de tudo, é que para conseguir tirar o veículo do depósito, você terá de pagar todos os débitos.

Assim, sendo eles o DPVAT, IPVA, multas e claro, o valor do licenciamento.

Sendo assim, você terá de pagar valores bem mais alto do que o próprio valor do licenciamento que estava atrasado.

Portanto, esse é um dos motivos, que levam os donos de veículos a abandonarem seus automóveis no depósito.

Isso porque, o valor para pagar tudo isso é alto demais, se tornando muito mais caro que o valor do licenciamento Detran.

Existem casos, em que o custo para retirar o veículo, é até maior do que o próprio valor de venda.

Contudo, é isso que leva alguns automóveis e motos a serem leiloados pelo Detran.

Consulta Licenciamento Atrasado

Para saber sobre os débitos ou impostos atrasados, você precisa fazer a consulta licenciamento.

Sendo assim, por meio dela, você ficará ciente da taxa de licenciamento, além de outras informações referente ao IPVA.

Por isso, é importante a consulta licenciamento, assim é possível saber sobre o IPVA e o DPVAT também.

Lembrando que, para conseguir o Certificado de Licenciamento de veículos, você precisa estar em dia com o IPVA e o DPVAT.

Entretanto, essa consulta do licenciamento de veículos é feita, através do site do Detran do seu estado.

No entanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran.

Então, basta procurar por “Licenciamento Anual” ou “débitos do veículo”.

E, tudo que você precisa fazer, é preencher os dados sobre o Renavam e a placa do veículo.

Feito isso, aparecerá na tela todas as informações de débitos do seu veículo.

Calendário Para Pagamento Do Licenciamento

Para que você não perca a data de pagamento do licenciamento, é preciso ficar atento ao calendário.

Sendo assim, o calendário também é facilmente acessado no site do Detran do seu estado.

Lembrando que, os veículos com placa final 1, são os primeiros a pagar o licenciamento.

E, os de placa final 0, são os últimos.

No entanto, abaixo você pode ver o calendário referente as datas.

Entretanto, aconselhamos que você faça a confirmação do calendário, no Detran do seu estado, pois as datas podem variar.

  • Placa de final 1 – data de vencimento do licenciamento em Abril;
  • Placa de final 2 – data de vencimento do licenciamento em Maio;
  • Placa de final 3 – data de vencimento do licenciamento em Junho;
  • Placa de final 4 – data de vencimento do licenciamento em Julho;
  • Placa de final 5 e 6 – data de vencimento do licenciamento em Agosto;
  • Placa de final 7 – data de vencimento do licenciamento em Setembro;
  • Placa de final 8 – data de vencimento do licenciamento em Outubro;
  • Placa de final 9 – data de vencimento do licenciamento em Novembro;
  • Placa de final 0 – data de vencimento do licenciamento em Dezembro.

Licenciamento Atrasado E Agora?

Se você não fez o pagamento do licenciamento na data correta, é necessário tomar algumas providências.

Sendo assim, a primeira delas é pagar o IPVA, para isso basta acessar o site do Detran e gerar o Guia de Recolhimento do Veículo (GRV).

Lembrando que, juntamente com o IPVA, você é obrigado a pagar também o DPVAT.

Feito isso, basta se dirigir a um banco e quitar o valor.

No entanto, existem alguns casos em que o motorista é isento do pagamento do IPVA, por isso se informe se é o seu caso.

Assim, feito o pagamento do IPVA, se for o caso, você irá precisar quitar as multas também, caso houver.

Para isso, basta procurar o Detran da sua região e solicitar o boleto com o valor das pendências.

Em seguida, é só pagar em uma instituição financeira credenciada ao Detran.

E, o último passo é pagar o licenciamento, para isso acesse o site do Detran para fazer a consulta.

Depois, é só emitir a guia e fazer o pagamento.

Qual Valor Do Licenciamento Atrasado

Sobre o valor do licenciamento atrasado, não tem como estipularmos um preço certo, isso porque os valores variam.

Assim, a regularização do licenciamento quando atrasado, não sai pelo valor original, porque terão multas.

Portanto, quanto mais você demora para quitar o débito, maior serão os juros.

Isso porque, é estipulado uma taxa de juros de 1% ao mês, mas a regra não é geral, tudo muda de estado para estado.

Então, não vale a pena andar com o veículo com o licenciamento atrasado.

Calendário De Licenciamento
Calendário De Licenciamento

Calendário De Licenciamento

Veja tudo sobre o Calendário De Licenciamento – A taxa, assim como todas as outras vira uma saga no começo do ano, onde temos de pagar todos os impostos.

Sendo assim, feito o pagamento do IPVA e do DPVAT, você irá precisar ver o calendário e depois consultar o valor do licenciamento.

Assim, você fica por dentro do prazo para pagar o licenciamento, sem precisar bancar os juros.

No entanto, é necessário ficar atento aos prazos do licenciamento de veículos do seu estado, pois podem variar.

Portanto, nesse artigo vamos mostrar os pontos importantes do licenciamento Detran, junto com o calendário.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Calendário De Licenciamento

O Que É A Taxa De Licenciamento?

Primeiramente, você precisa entender o que é o licenciamento de veículos e qual a importância de fazer a consulta licenciamento.

No entanto, o licenciamento nada mais é que um imposto obrigatório, que você deve pagar todo os anos.

Isso porque, os donos de veículos tem a obrigação de pagar, visando legalizar a circulação do seu automóvel no dia a dia.

Sendo assim, quando feito o pagamento, você irá gerar a CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

Lembrando que, o não pagamento da taxa de licenciamento, traz multas graves e ainda pode fazer com o que seu veículo seja apreendido.

Além disso, pagar licenciamento tem uma finalidade importante, pois garante a segurança dos motoristas.

Isso porque, a consulta licenciamento vai comprovar, através de testes e revisões, que o seu veículo tem condições de circular.

Vale lembrar, que essas revisões são realizadas pelos técnicos do Detran, na data marcada.

Assim, serão avaliado as condições físicas e se o automóvel esta de acordo com as leis ambientais.

Portanto, o licenciamento Detran é anual, então se o seu veículo estiver com multas, você irá ter de pagá-las, assim como a taxa de licenciamento.

Por isso, é importante que o seu veículo esteja sempre em dia, assim é possível circular de maneira legal.

Calendário De Licenciamento

A consulta licenciamento, é necessária para saber o valor do licenciamento.

Porém, não se restringe apenas a isso, por meio dessa consulta você fica a par do calendário de pagamento.

Sendo assim, essa tabela de pagamento ou calendário, tem a finalidade de deixar avisado os donos de veículos, sobre o prazo das suas obrigações.

Entretanto, para facilitar as datas, o calendário é feito de acordo com o número final da placa do veículo.

Lembrando que, os donos de carros com final de placa 1, são os primeiros a pagar licenciamento.

E, os de final 0, são sempre os últimos a pagar a taxa de licenciamento.

Então, veja a seguir, as informações sobre os prazos, de acordo com o final da placa do veículo:

Licenciamento Calendário

  • Placa de final 1 – data de vencimento do licenciamento em Abril;
  • Placa de final 2 – data de vencimento do licenciamento em Maio;
  • Placa de final 3 – data de vencimento do licenciamento em Junho;
  • Placa de final 4 – data de vencimento do licenciamento em Julho;
  • Placa de final 5 e 6 – data de vencimento do licenciamento em Agosto;
  • Placa de final 7 – data de vencimento do licenciamento em Setembro;
  • Placa de final 8 – data de vencimento do licenciamento em Outubro;
  • Placa de final 9 – data de vencimento do licenciamento em Novembro;
  • Placa de final 0 – data de vencimento do licenciamento em Dezembro.

Contudo, essas datas para o pagamento da taxa de licenciamento, podem mudar de estado para estado.

Por isso, se você possui um veículo emplacado e registrado em outro estado, deve ficar atento para pagar o licenciamento.

Para isso, basta que você entre no site do Detran do estado.

No entanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran.

Sendo assim, lá é possível acessar o calendário e as informações sobre valor do licenciamento.

Qual O Valor Da Taxa De Licenciamento

Para o licenciamento de veículos, não existe um valor fixo.

Isso porque, o valor muda de estado para estado e quem determina o preço, é a Secretária de Fazenda da sua região.

Portanto, não é possível estabelecer um valor certo para o licenciamento Detran.

Sendo assim, a melhor saída para saber o valor do licenciamento, é fazendo uma consulta no site do Detran da sua região.

No entanto, se preferir, pode ir direto a um posto do Detran do seu município.

Entretanto, o licenciamento é um dos impostos mais baratos para quem tem um veículo.

Isso porque, o valor gira em torno de R$ 100,00.

Por exemplo, em São Paulo esse valor é de R$ 87,38.

E, na Bahia ou no Ceará, o valor é entre R$ 112,00 e R$ 100,00.

Assim, da para se ter uma noção de qual é o valor do licenciamento.

Veja Como Licenciar Seu Veículo

Agora que sabemos o que é o licenciamento, o calendário de prazos e uma estimativa do valor, agora veja como licenciar o seu veículo.

Entretanto, os procedimentos são bem simples e fáceis, basicamente há duas formas.

No entanto, a primeira delas é pela internet, onde você deve acessar o site do Detran da sua região.

Assim, lá no site você procura por “licenciamento” ou “consulta de débitos”.

Lembrando que, é importante ter em mãos o número da placa do seu carro e do seu Renavam, pois será necessário para ter acesso a guia.

Sendo assim, preenchendo os dados, basta imprimir a guia e pagar.

Pronto, o seu veículo já estar totalmente legalizado e licenciado.

A outra forma, é se dirigir a um posto do Detran com o Renavam e o número da placa em mãos.

Sendo assim, informe os dados para a atendente, assim ela irá te passar os valores, assim como multas, caso houver.

Feito isso, ela lhe entregará a guia que deve ser paga de acordo com as datas do calendário.

No entanto, não se esqueça de conferir as datas no site do Detran do seu estado, porque podem variar.

Como Consultar Licenciamento
Como Consultar Licenciamento

Como Consultar Licenciamento

Veja como Consultar Licenciamento – É algo que ainda deixa os motoristas com bastante dúvidas.

Isso porque, mesmo sendo um procedimento anual, nem todo mundo entende a importância de fazer a consulta licenciamento e muito menos, a importância de pagar licenciamento.

Entretanto, também surgem dúvidas sobre, como fazer a consulta do valor do licenciamento.

E, sem contar que tem aqueles que confundem a taxa de licenciamento com outros débitos.

Portanto, nesse artigo, vamos mostrar tudo sobre esse imposto obrigatório para todos os proprietários de veículos.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Consultar Licenciamento:

Entenda Que É O Licenciamento

Primeiramente, você precisa entender o que é o licenciamento Detran, só assim é possível saber a importância do mesmo.

No entanto, como você já deve saber, a taxa é um procedimento que deve ser realizado todo os anos.

Entretanto, deve ser pago juntamente com o IPVA e o DPVAT do seu veículo.

Sendo assim, esse procedimento, visa comprovar e autorizar o seu veículo, a rodar pelas ruas e avenidas de maneira legalizada.

Assim, essa liberação é dada com a emissão do CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

Além disso, o licenciamento Detran, tem a finalidade de comprovar que o automóvel esta de acordo com as normas de segurança e ambiental.

Portanto, é necessário que o valor do licenciamento seja pago em dia, dentro do prazo estabelecido.

A Importância Do Licenciamento De Veículos

A taxa, é um conjunto de impostos cobrados, de todas as pessoas que são proprietárias de veículos.

Sendo assim, esses valores recolhidos, são destinados para os cofres estaduais e tem a finalidade de melhorar a estrutura das rodovias.

Isso por si só, já demonstra a importância de fazer o pagamento, pois todo mundo gosta de circular em avenidas com boas condições.

No entanto, o licenciamento de veículos também é importante, porque através dele, você comprova que o seu carro está em boas condições e de acordo com as leis.

Assim, estando de acordo com as regras ambientais e de segurança.

Lembrando que, realizando a consulta licenciamento, é possível consultar e pagar outros impostos relacionados ao veículo.

Por exemplo, o DPVAT e o IPVA, taxas também importantes e obrigatórias, para ficar com o veículo legalizado.

Contudo, sem o licenciamento Detran, DPVAT e IPVA do seu veículo em dia, não é possível circular de forma regular.

Consultar Licenciamento

A primeira atitude que você deve tomar para regularizar o seu veículo, é fazer a consulta licenciamento.

Essa consulta, é realizada no Detran do seu estado, assim, é possível saber a situação do seu veículo.

No entanto, a consulta pode ser realizada de maneira simples, pela internet.

Para isso, veja a seguir o passo a passo, de como fazer a consulta do valor pela internet.

1º Passo

Primeiramente, acesse o site.

Sendo assim, você deve acessar o site do Detran do seu Estado.

No entanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran para consulta.

2º Passo

Já no site, você irá procurar por “consulta veículos” ou “consulta débitos”.

Entretanto, essa nomenclatura pode variar, de acordo com cada estado.

3º passo

Fazer o cadastro.

Esse terceiro passo, é crucial, para que você consiga ter aceso as informações sobre o valor da taxa.

Sendo assim, para realizar o cadastro, você irá precisar preencher alguns campos com os dados da Placa e do Renavam do veículo.

Feito isso, basta clicar em “consultar” e assim você terá o valor da taxa.

No entanto, em alguns casos, pode aparecer algumas pendências, como multas.

Assim, ao se deparar com essa situação, é importante que você se dirija ao Detran da sua cidade, para regularizar.

Entretanto, não se esqueça de levar consigo alguns documentos, como:

  • RG;
  • CPF do responsável do veículo;
  • CNH – Carteira de Habilitação.

A Taxa De Pagamento Do Licenciamento

É importante que você saiba, que o valor da taxa não é fixo.

Isso porque, o valor muda de um estado para outro, mas não se preocupe, pois o valor é um dos menores quando comparados a outras taxas.

Geralmente, o valor fica na faixa de R$ 100,00 e não há muita diferença de um Estado para outro.

No entanto, para ter certeza do valor, a recomendação é que você acesse o site do Detran do seu Estado.

Uma dica importante, é que você faça o pagamento junto com a taxa do IPVA.

Assim, pagando as duas taxas juntas, você pode conseguir um desconto de 3% a 5%.

Entretanto, irá depender da data de pagamento, onde existe um prazo para o desconto.

Lembrando que, ambas as taxas são obrigatórias, porém, pagando as duas juntas, é possível conseguir desconto.

Sendo assim, tendo a guia de pagamento em mãos, o pagamento pode ser feito nos bancos conveniados.

Portanto, veja os principais deles a seguir:

  • Itaú;
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Casas Lotéricas;
  • Bradesco.

No entanto, não se esqueça que o pagamento deve ser realizado, dentro do prazo estabelecido.

Assim, caso não consiga fazer o pagamento no prazo, será cobrado juros.

Como Pagar Licenciamento Online
Como Pagar Licenciamento Online

Como Pagar Licenciamento Online

Veja como Pagar Licenciamento – É um dos impostos obrigatório para os donos de veículos automotores.

Entretanto, a taxa de licenciamento também é conhecida como, Taxa de Renovação do Licenciamento Anual do Veículo (TRLAV).

Portanto, manter a taxa em dia é extremamente importante, para quem deseja circular com o veículo de maneira regular.

Por isso, é muito importante saber sobre o licenciamento Detran, sobre o valor do licenciamento, como fazer o pagamento e outras informações importantes.

Sendo assim, esse artigo mostrará todas as dúvidas e principalmente, vamos ensinar como pagar o licenciamento online.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Pagar Licenciamento Online:

Sobre O Licenciamento De Veículos

Primeiramente, é preciso saber mais sobre esse imposto.

Sendo assim, ajuda a entender a importância de ter o pagamento em dia.

Portanto, o licenciamento Detran, é um tipo de imposto obrigatório para os donos de veículos.

Assim, ele se torna importante, porque é uma maneira do Estado saber, quais os carros e veículos estão regulares.

Por isso, todos os anos, os donos de veículos devem fazer a consulta, para ficarem com a taxa em dia.

Lembrando que, com o licenciamento de veículos pago, você recebe o CRLV.

O CRLV nada mais é, que o Certificado de Registro do Licenciamento do Veículo.

Sendo assim, esse documento deve estar sempre no seu carro, para que não tenha problemas em uma blitz.

Assim, no CRLV também estará constando o pagamento do seguro DPVAT, que também é obrigatório.

Documentos Para O Licenciamento

Primeiramente, quem licencia os veículos, é o Detran da sua região.

Sendo assim, no Detran será solicitado alguns documentos para o licenciamento Detran.

Assim, dentre eles estão:

  • Comprovante de residência;
  • Licenciamento do ano anterior;
  • CSV (Certificado de Segurança Veicular).

No entanto, esse último, só é solicitado para os carros que circulam utilizando gás natural.

Portanto, se não for seu caso, não precisa se preocupar, basta apenas apresentar os outros documentos.

Entretanto, se você não tem o documento do ano anterior, apresente então o CRV (Certificado de Registro Veicular).

Lembrando que, nos casos desses documentos, é sempre solicitado o original e uma cópia.

Então, o seu carro passará por uma inspeção, afim de garantir que o mesmo esteja apto para circular.

Sendo assim, essa revisão acontece tanto por motivos de segurança, quanto por garantias ambientais.

Vale lembrar, que essa é uma maneira de garantir mais segurança no trânsito.

Contudo, em alguns estados, essa revisão não acontece.

Consulta Licenciamento De Veiculo

Antes de saber o valor, você precisa fazer uma consulta licenciamento.

Sendo assim, essa consulta online, é a forma mais rápida e prática, para você conseguir emitir a guia de pagamento para o licenciamento Detran.

Além disso, com essa consulta, você consegue ter acesso a outras informações do seu veículo.

Assim, como no caso de multas ou pendências no IPVA.

Lembrando que, só é possível conseguir o licenciamento de veículos, se o seu automóvel estiver sem pendências.

Então, caso você tenha multas ou esteja com o IPVA atrasado, será necessário quitar para conseguir pagar licenciamento.

Portanto, a consulta da taxa de licenciamento, é realizada através do site do Detran da sua região.

No entanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran.

Então, basta procurar por “licenciamento” ou “consulta de débitos”, porém, essa nomenclatura varia de região para região.

Entretanto, é importante que você esteja com os números da placa do veículo e com os dados do Renavam.

Isso porque, essas informações serão solicitadas para o preenchimento e só assim, você terá acesso ao valor do licenciamento.

E, nessa consulta você encontra tudo sobre a documentação do seu veículo.

Por essa razão, não se limite a fazer essa consulta só quando precisar saber sobre as taxas.

Valor Do Licenciamento De Veículos

Para o licenciamento de veículos, não existe um valor fixo.

Isso porque, o valor muda de estado para estado e quem determina o preço, é a Secretária de Fazenda da sua região.

Portanto, não é possível estabelecer um valor certo para o licenciamento Detran.

Sendo assim, a melhor saída para saber o valor do licenciamento, é fazendo uma consulta no site do Detran da sua região.

No entanto, se preferir, pode ir direto a um posto do Detran do seu município.

Entretanto, o licenciamento é um dos impostos mais baratos para quem tem um veículo.

Isso porque, o valor gira em torno de R$ 100,00.

Por exemplo, em São Paulo esse valor é de R$ 87,38.

E, na Bahia ou no Ceará, o valor é entre R$ 112,00 e R$ 100,00.

Assim, da para se ter uma noção de qual é o valor do licenciamento.

Pagar Licenciamento De Veículos

Já deu para perceber a importância de fazer o pagamento, pois sem o documento em dia, você não pode circular.

Além disso, não vale a pena andar por aí com medo de blitz e de qualquer autoridade de trânsito.

Sendo assim, você precisa pagar o valor do licenciamento, para andar com mais tranquilidade.

Entretanto, na hora de fazer a consulta do licenciamento, você já consegue ter acesso ao valor da taxa.

Lembrando que, no próprio site é possível imprimir a guia para realizar o pagamento.

Feito isso, você precisa apenas se dirigir a uma instituição financeira credenciada do Detran da sua região.

Assim, será possível pagar o valor do licenciamento, juntamente com o IPVA, se for o caso.

Nesses casos, de pagamento duplo e com antecedência, você até consegue um desconto.

Como Pagar Licenciamento Online

Atualmente, com o avanço da internet, não é mais necessário perder horas e horas na fila do banco.

Sendo assim, de maneira online, você consegue pagar diversos boletos, sejam de água, luz e até mesmo o licenciamento.

Para isso, você precisa acessar o site do internet banking da sua instituição financeira, não importa qual seja.

E, ao fazer o login, basta apenas procurar por pagamentos e “taxas do Detran”.

Assim, lá estarão as opções DPVAT, IPVA e TRLVA.

Então, é só escolher a taxa de licenciamento e fazer o pagamento.

No entanto, o pagamento pode ser feito por conta corrente, poupança e em alguns casos, no cartão de crédito.

Entretanto, o melhor disso, é que você não vai precisa imprimir boleto, pois o pagamento é direto.

Portanto, sendo somente necessário preencher os dados referente ao código de barras.

Tudo Sobre Licenciamento De Veículos
Tudo Sobre Licenciamento De Veículos

Tudo Sobre Licenciamento De Veículos

Veja tudo sobre Licenciamento De Veículos – É uma das taxas obrigatória para quem tem veículo, sonho esse de muitos brasileiros, porém ter um veículo carrega obrigações e é sobre isso que vamos falar.

Lembrando que, o licenciamento de veículos abrange desde as motocicletas, até grandes caminhões.

Portanto, pagar licenciamento, é um procedimento necessário para todos os carros que circulam em território nacional.

Sendo assim, se você tem um carro, deve estar ciente sobre esse imposto.

Entretanto, caso tenha dúvidas sobre essa taxa, esse artigo vai lhe ajudar bastante.

Isso porque, aqui você irá ver sobre o que é o licenciamento Detran, valor do licenciamento, consulta licenciamento e outras informações importantes.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Licenciamento De Veículos:

O Que É Licenciamento De Veículos

O licenciamento, é um procedimento anual obrigatório, que visa confirmar que o veículo está apto para circular.

Ou seja, é preciso pagar o licenciamento todos os anos.

Lembrando que, o licenciamento de veículos é o responsável pela emissão do novo Certificado de Registo de Licenciamento de Veículo, conhecido como CRLV.

Sendo assim, você só recebe a CRLV, após pagar a taxa de licenciamento.

Portanto, é esse documento que permite você usar seu veículo no dia a dia.

Vale lembrar, que o licenciamento é emitido pelo Detran do seu estado, por isso o nome licenciamento Detran.

No entanto, é importante ressaltar, que para conseguir o licenciamento de veículos, você precisa ter pago o IPVA e o Seguro DPVAT.

Isso porque, não é possível conseguir o licenciamento se o veículo tem pendências.

Assim, o valor do licenciamento deve ser quitado, juntamente com as outras obrigações referentes ao seu veículo.

Por Que Existe O Licenciamento

O licenciamento, existe para que haja maior segurança no trânsito, garantido que os automóveis circulem em boas condições dentro das avenidas e rodovias.

Isso porque, os veículos que não conseguem cumprir o mínimo estabelecido, tendem a apresentar maiores riscos a sociedade.

Além disso, o licenciamento de veículos tem um componente ambiental, garantindo que os carros cumpram o limite de poluição estabelecido.

Importância Do Licenciamento

A consulta licenciamento, assim como pagar licenciamento, é muito importante por diversos motivos.

Como falamos acima, só é possível receber o licenciamento se você tiver com todos os documentos do carro em dia.

E, como mostramos, o licenciamento serve como uma autorização de circulação para o seu automóvel.

Logo, se você for pego em uma blitz, a autoridade de trânsito irá verificar o licenciamento.

Por isso, você precisará ter pago a taxa de licenciamento, além das outras alíquotas do veículo.

Caso contrário, sem o licenciamento em mãos, a autoridade de trânsito entenderá que o seu automóvel não esta apto para circular.

Se isso acontecer, você terá de pagar uma multa e terá o veículo apreendido.

Por isso, é importante fazer a consulta do valor licenciamento, pagar a taxa e também as outras obrigações.

Consulta Licenciamento De Veículos

É importante que a consulta licenciamento seja realizada, pois assim, é possível saber o valor a ser pago e outras pendências.

Sendo assim, através dessa consulta, é possível ver o valor do IPVA e o valor do seguro DPVAT.

No entanto, não é complicado fazer essa consulta e ter acesso a taxa de licenciamento.

Isso porque, é só acessar o site do Detran da sua região.

Lembrando que, no final do artigo listamos vários sites do Detran.

Assim, no próprio site, você encontra os campos “consulta débitos” ou “consulta veículos”.

E, ao encontrar, você irá precisar fornecer algumas informações, para pagar o licenciamento.

Entretanto, dentre elas são os números do Renavam e da placa do veículo.

Então, com tudo preenchido, você terá acesso as informações do valor do licenciamento.

Valor Do Licenciamento De Veículos

Para pagar licenciamento, você precisa saber o valor do mesmo.

Contudo, não existe regras estabelecidas sobre esse valor, pois o licenciamento de veículos muda de estado para estado.

Isso porque, o valor pago estabelecido, é definido pela Secretária de Fazenda da sua região.

Contudo, você pode ver a seguir, uma lista dos valores de alguns estados que já foram divulgados:

  • Bahia – R$ 112,00;
  • Ceará – R$ 100,00;
  • Paraná – R$ 100,00;
  • São Paulo – R$ 87,38.

Como Fazer O Pagamento Do Licenciamento De Veículos

Agora que sabemos como consultar o licenciamento Detran, além de como consultar os valores, agora é importante saber como pagar.

No entanto, o processo é parecido, é só acessar o site do Detran da sua região e procurar por licenciamento anual.

Em seguida, tudo que você precisa fazer, é gerar uma guia e realizar o pagamento.

Entretanto, se preferir, é possível pagar direto em uma agência credenciada do Detran, com os dados do Renavam e placa em mãos.

Sendo assim, o pagamento é realizado no local, sem precisar consultar no site.

Lembrando que, existem alguns estados, em que o pagamento é liberado nas agências de casas lotéricas.

Consequências De Circular Sem O Licenciamento

Primeiramente, circular sem o licenciamento acarreta multa.

Portanto, veja a seguir as consequências:

  • 7 pontos na carteira de habilitação;
  • Veículo apreendido;
  • Multa em cerca de R$ 290,00.

Lembrando que, se o veículo for apreendido, ele só será liberado quando toda documentação estiver regularizada.

E, isso vale para licenciamento, IPVA, seguro DPVAT, juros e infrações.

Além disso, você ainda terá que desembolsar valores para o guincho e as diárias do veículo no pátio.

Portanto, não vale a pena circular de maneira irregular, tendo que fugir de blitz e abordagens.

Sendo assim, se o seu veículo estiver com alguma taxa atrasada, não o utilize, espere ter o dinheiro para quitar as dívidas.

Isso porque, as multas, taxas e diárias do pátio, são mais caras que o próprio licenciamento.

Duvidas Sobre Licenciamento Detran
Duvidas Sobre Licenciamento Detran

Duvidas Sobre Licenciamento Detran

Veja duvidas sobre o Licenciamento Detran – É uma taxa muito importante, se você tem um veículo ou esta desejando comprar um, é importante saber sobre suas obrigações.

Sendo assim, dentre essas obrigações, esta o pagamento da taxa de licenciamento, para que o seu veículo possa circular dentro da lei.

Entretanto, tudo que envolve imposto e dinheiro gera dúvidas, assim, com o valor do licenciamento não seria diferente.

No entanto, mostraremos aqui todas as dúvidas, para que você fique por dentro de tudo sobre licenciamento de veículos.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos de Duvidas Sobre Licenciamento Detran:

O Que É E Para Que Serve O Licenciamento Detran

Primeiramente, é estranho pagar a taxa do licenciamento, sem ao menos saber o que é e para que serve esse imposto.

Sendo assim, o licenciamento nada mais é, que um documento que lhe autoriza a circular com o veículo.

Assim, através dele, seu carro esta regularizado de acordo com a lei.

Lembrando que, é com o pagamento do valor do licenciamento, que você consegue emitir o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, o CRLV.

E, esse é um dos documentos que você deve apresentar, quando for parado em uma blitz.

Portanto, o licenciamento de veículos, serve para assegurar que o seu veículo esta em condições de circular.

Sendo assim, visa amenizar problemas no trânsito com carros irregulares.

Quem Deve Pagar O Licenciamento

Se você tem um veículo já deve estar ciente, que pagar o licenciamento é obrigação de todos que tem veículo.

Sendo assim, essa obrigação está no artigo 130 que diz, “Todo veículo automotor, elétrico, articulado, reboque ou semirreboque, deve ser licenciado”.

Então, não pense que é possível se livrar da taxa de licenciamento, pois todo veículo deve ter a CRLV atualizada.

Vale lembrar, que o pagamento do licenciamento, é feito todo os anos.

Ou seja, todo ano você precisa estar com a CRLV regularizada.

Portanto, ao contrário do IPVA, não há isenção para pagar licenciamento.

No entanto, apenas os automóveis de entidades ou órgãos públicos, estão isentos dessa taxa de licenciamento.

Então, se o seu veículo não esta dentro dessas categorias, o pagamento é realmente obrigatório.

Onde Consultar O Licenciamento

Agora que sabemos que o pagamento é anual e obrigatório, é necessário saber fazer a consulta licenciamento.

No entanto, o processo é bem simples e você pode fazer aí mesmo na sua casa, pela internet.

Sendo assim, basta entrar no site do Detran da sua região e procurar por “licenciamento de veículos” ou “consulta de débitos”.

Lembrando que, no final do artigo listamos vários sites do Detran.

Assim, com os dados do Renavam e o número da placa do carro em mãos, preencha os dados no site.

Feito isso, irá então aparecer o valor do licenciamento, além de outras informações sobre IPVA e DPVAT.

Entretanto, caso haja alguma pendência, seja de multa ou de impostos, irá aparecer na tela.

Em seguida, você só precisa imprimir a guia para poder pagar a taxa de licenciamento.

No entanto, você também pode fazer a consulta licenciamento, se dirigindo a um posto do Detran da sua cidade.

Quando Pagar O Licenciamento Detran

Feito a consulta licenciamento e preenchendo os dados, você terá acesso a guia para pagamento.

Sendo assim, nessa guia terá as informações sobre a data de pagamento do licenciamento detran do seu veículo, de acordo com a placa.

Isso porque, o prazo para renovar o licenciamento de veículos, depende do final da placa do seu veículo.

No entanto, esse calendário referente a quando pagar licenciamento, estará disponível no site do Detran.

Lembrando que, os carros com final 01, são os primeiros a pagar o licenciamento Detran.

E, os com final 0, são os últimos a renovarem a CRLV.

No entanto, é importante confirmar as datas de pagamento do valor do licenciamento, no site do Detran.

Quanto Custa O Licenciamento

Primeiramente, pagar licenciamento tem um dos custos mais baixos, em relação a outras obrigações com seu veículo.

Isso porque, o valor gira em torno de R$ 100,00.

No entanto, isso não é uma regra para todos os estados.

Portanto, o valor não é fixo, podendo existir variações.

Entretanto, não se preocupe, porque o valor não ultrapassa R$ 120,00.

Assim, para saber o exato valor, é só fazer a consulta licenciamento no site do Detran ou ir direto em um posto do Detran.

Onde Pagar O Licenciamento Detran

Fez a consulta licenciamento, imprimiu a guia, mas não sabe onde pagar o valor da taxa?

Sendo assim, existem instituições financeiras credenciadas, onde é só você informar o número do Renavam e a placa.

No entanto, caso tenha o boleto, é possível pagar o valor do licenciamento em caixas eletrônicos ou nos bancos.

Licenciamento Pago Qual O Próximo Passo?

Se você pagou o licenciamento, então o próximo passo é esperar a CRLV ser enviada para a sua residência.

Sendo assim, ao fazer a renovação, você será informado sobre o prazo do envio da nova CRLV.

No entanto, caso não receba dentro da data informada, é só entrar no site do Detran e ir na seção “rastrear entrega”.

Entretanto, caso não tenha essa opção no site do Detran da sua região, então é necessário ir até um posto do Detran.

Perdi O Prazo Do Licenciamento E Agora?

O atraso do licenciamento, é plausível de juros sobre o valor do licenciamento.

No entanto, o cenário fica pior se você for pego em uma blitz, onde terá de pagar uma multa e o seu veículo ainda será apreendido.

Entretanto, sem contar com os pontos na carteira, que são 7 no total, pois essa é uma infração gravíssima.

Nessa situação, o veículo só será liberado após o pagamento de todas as dívidas pendentes.

Ou seja, IPVA, DPVAT, multa e a taxa do licenciamento.

Portanto, o recomendado, é que você não circule com o veículo em caso de atraso do licenciamento.

Sendo assim, certifique-se de pagar o valor da taxa, antes de dirigir com seu veículo por aí.

Lembrando que, o valor do licenciamento é muito menor do que a multa, que é de R$ 293,47.

Tudo Sobre Seguro DPVAT
Tudo Sobre Seguro DPVAT

Tudo Sobre Seguro DPVAT

Veja tudo sobre Seguro DPVAT – Se você possui um veículo, deve estar acostumado com o pagamento dessa taxa.

Sendo assim, é também conhecido como Seguro Obrigatório.

Entretanto, muitos motoristas não sabem o que é esse seguro e para que ele serve.

Além disso, existem duvidas em relação ao valor do seguro e em como consultar o seguro obrigatório.

No entanto, esse artigo tem a finalidade de esclarecer e informar tudo sobre esse seguro obrigatório.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Seguro Obrigatório DPVAT:

O Que É O Seguro DPVAT

O seguro obrigatório, é destinado para danos pessoais causados por veículos de via terrestre.

Ou seja, é um seguro para as pessoas que sofrem acidentes de trânsito.

Entretanto, através da consulta, é possível ver o valor do seguro que deve ser pago anualmente.

Lembrando que, ao sofrer um acidente, o valor será destinado para a vítima, como forma de indenização para cobrir todas as despesas.

Sendo assim, essas despesas podem ser de médicos, medicamentos, contas hospitalares ou para pagar cuidadores profissionais.

Inclusive, esse valor é pago tanto para o pedestre como para o motorista, sem precisar da comprovação de culpa.

Vale ressaltar, que esse seguro também pode ser destinado, para as famílias das vítimas de acidente de trânsito.

Sabendo disso, fazer a consulta DPVAT e pagar o valor do seguro obrigatório, é muito importante.

Para Que Serve O Seguro DPVAT

O pagamento, visa custear as despesas em casos de acidentes.

Assim, 45% do valor arrecadado anualmente pelos motoristas, é destinado ao Ministério da Saúde.

Portanto, voltado especificamente, para o atendimento médico hospitalar das vítimas de acidente de trânsito.

No entanto, esse seguro obrigatório também tem outras finalidade e utilidades.

Sendo assim, 5% é destinado para o Ministério da Cidades, para ser usado na prevenção de acidentes de trânsito.

E, os outros 50% são usados para os pagamentos de indenização do seguros e reservas.

Por essa razão, é importante fazer a consulta DPVAT, além de fazer o pagamento do valor do seguro obrigatório.

Consulta Da Guia De Pagamento DPVAT

Consultar Seguro Obrigatório, é muito mais simples do que você imagina.

Sendo assim, a guia de pagamento desse seguro, pode ser emitida através da internet, onde é possível realizar a consulta.

No entanto, fazer essa consulta pela internet é bem simples, assim, não precisa enfrentar as filas do Detran.

Assim, para fazer a consulta DPVAT será necessário acessar o site do Detran da sua região.

Entretanto, caso você não saiba o endereço do site do Detran do seu estado, basta verificar a lista no final do artigo.

Lembrando que, o DPVAT consulta pode ser feito através do portal da Seguradora Líder, basta clicar aqui.

Em seguida, do lado esquerdo do site, é só procurar pela opção “Como Pagar”, assim você será redirecionado para outra página.

Sendo assim, nessa outra página você clica em “Saiba como pagar”.

E, ao lado aparecerá um mapa, onde você deve clicar no seu estado.

Feito isso, clique em “gerar guia no site do Detran” e você será redirecionado para preencher as informações.

Portanto, tenha em mãos os dados do Renavam e a Placa do veículo, assim você consulta e já imprime a guia.

Qual O Valor Do Seguro DPVAT

Ao acessar o site para consultar o seguro DPVAT, você terá acesso ao valor do pagamento DPVAT.

Lembrando que, o valor desse seguro obrigatório muda de acordo com o veiculo.

Entretanto, o valor do Seguro Obrigatório para carros, é menor que os de moto.

No entanto, para ficar mais claro, é só consultar seguro DPVAT através dessa tabela abaixo:

Tipo de automóvel Valor do seguro DPVAT
Automóvel e caminhonetas R$ 45,72
Carros de aluguel e aprendizado, táxi R$ 45,72
Caminhões, caminhonetes de até 1.500 kg R$ 47,66
Ciclomotores R$ 57,61
Micro-ônibus que cobra frete com lotação de até 10 passageiros R$ 103,17
Ônibus, micro-ônibus e lotação que cobra frete R$ 164,82
Motocicletas e motonetas R$ 185,50

Pagamento Do Seguro DPVAT

Ao contrário do IPVA, a guia para pagar o seguro não vai chegar na sua casa.

No entanto, já ensinamos como fazer a consulta pelo site do Detran ou pelo Portal da Seguradora Líder.

Em seguida, basta imprimir a guia e levar em uma instituição financeira credenciada ao Detran.

Assim, é importante que você saiba, que o pagamento DPVAT é obrigatório e o não pagamento gera multa gravíssima.

Consulta Do Calendário DPVAT

Muitas pessoas não sabem, mas ver o calendário ao fazer a consulta DPVAT é muito importante, assim você fica por dentro do prazo para pagamento.

Entretanto, cada região tem sua data limite para o pagamento do seguro.

No entanto, essa consulta do calendário, pode ser feita de maneira fácil e rápida no site do Detran do seu estado.

Sendo assim, no final do artigo, listamos vários sites do Detran.

Conclusão

Como você deve ter percebido, é realmente importante saber o que é seguro e porquê pagá-lo.

Isso porque, os acidentes de trânsito no Brasil, é a principal causa da morte de muitos jovens.

Sendo assim, é necessário que você cumpra com a sua obrigação de dono de automóvel, fazendo o pagamento em dia.

Assim, não terá de pagar multas por atraso.

Como Pagar Seguro DPVAT
Como Pagar Seguro DPVAT

Como Pagar Seguro DPVAT

Veja como Pagar Seguro DPVAT – O pagamento do Seguro Obrigatório, já é conhecido por muitos brasileiros, devido ele ser feito anualmente.

Entretanto, mesmo sendo um seguro obrigatório, muitas pessoas não sabem fazer a consulta DPVAT e às vezes, nem como pagar.

No entanto, sabendo da importância do pagamento, iremos lhe ajudar a entender como pagar.

Além disso, iremos explicar sobre a consulta, emissão da guia e tudo que envolve o pagamento DPVAT.

Ficou interessado? Sendo assim, continue nesse artigo e tire todas as suas dúvidas sobre como pagar.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Pagar Seguro DPVAT:

Entenda O Seguro DPVAT

Primeiramente, você precisa entender como funciona esse seguro obrigatorio, assim ficará mais fácil de entender os outros detalhes.

Sendo assim, o seguro tem o intuito de beneficiar aquelas pessoas que sofrem acidente de trânsito, através de uma indenização.

No entanto, é necessário saber, que o pagamento DPVAT é obrigatório para todos os motoristas.

Por essa razão, consultar seguro DPVAT e pagar o valor, é muito importante.

Lembrando que, nos casos de acidentes, o seguro é fornecido sem precisar comprovar os culpados.

Ou seja, mesmo se você for o responsável pelo acidente, ainda assim, terá direito ao seguro.

Entretanto, até mesmo o passageiro ou pedestre, tem direito a receber essa indenização.

Isso porque, o seguro cobre os três principais tipos de danos, que são:

  • Por morte;
  • Por invalidez;
  • E, despesas médicas.

Como Consultar A Guia DPVAT

Primeiramente, antes de pagar, você precisa consultar seguro DPVAT e isso é algo que tem gerado muitas dúvidas.

No entanto, a consulta é bem simples e pode ser realizada pelo site do Detran da sua região, onde você irá procurar pela opção “consulta de débitos”.

Sendo assim, no final do artigo, listamos vários sites do Detran.

Entretanto, outra alternativa, é fazer a consulta DPVAT através do portal da Seguradora Líder, basta clicar aqui.

Assim, em ambos os casos, a consulta do seguro obrigatório é bem simples.

Portanto, escolhendo qualquer uma das alternativas, você irá precisar ter em mãos, os dados do Renavam e também o número da placa.

Então, basta preencher os espaços e você terá acesso as informações do seguro obrigatório.

Além disso, lá também estarão esclarecidas outras informações sobre o seu veículo, como multas e outros.

Valor Para Pagar Seguro DPVAT

Ao fazer a consulta seguro DPVAT você terá acesso ao valor para pagamento.

Entretanto, se você não tem ideia de qual é o valor, saiba que isso varia de acordo com o tipo do seu veículo.

Sendo assim, na tabela abaixo, está especificado o valor do seguro obrigatório de maneira clara.

Então, veja a seguir:

Tipo de automóvel Valor do seguro DPVAT
Automóvel e caminhonetas R$ 45,72
Carros de aluguel e aprendizado, táxi R$ 45,72
Caminhões, caminhonetes de até 1.500 kg R$ 47,66
Ciclomotores R$ 57,61
Micro-ônibus que cobra frete com lotação de até 10 passageiros R$ 103,17
Ônibus, micro-ônibus e lotação que cobra frete R$ 164,82
Motocicletas e motonetas R$ 185,50

Prazo De Pagamento Do Seguro DPVAT

É importante fazer a consulta, pois você ficará ciente também do prazo de pagamento.

Lembrando que, o vencimento do pagamento DPVAT é juntamente com o prazo da cota única.

No entanto, em outros casos, ele é realizado juntamente com 1ª parcela do IPVA.

Entretanto, se depois de fazer a consulta DPVAT você perceber que o seu veículo está isento de pagar IPVA, fique atento.

Nesses casos, o vencimento é juntamente com o licenciamento anual ou com o emplacamento.

Inclusive, é importante lembrar que ao consultar seguro DPVAT você já terá acesso a informações do licenciamento.

Vale lembrar, que a CRLV só é emita depois do pagamento do DPVAT.

No entanto, faça a consulta DPVAT para ter acesso ao calendário e aos prazos clicando aqui.

Como Emitir A Guia De Pagamento DPVAT

Primeiramente, para fazer o pagamento, você precisa emitir a guia e o processo é simples.

Sendo assim, no site oficial da Seguradora Líder, é possível imprimir a guia.

Portanto, basta clicar aqui para acessar o site.

Assim, ao entrar na página procure por “Como pagar”, localizado do lado esquerdo.

Em seguida, clique em “Saiba como pagar”.

E, ao lado aparecerá um mapa, onde você deve clicar no seu estado.

Feito isso, clique em “gerar guia no site do Detran” e você será redirecionado para preencher todas informações.

Lembrando que, é importante ter o número do Renavam e da placa em mãos.

Então, basta digitar os dados e você terá acesso a guia.

Portanto, você poderá imprimir ou se preferir, anotar o código de barras para o pagamento.

No entanto, caso você resolva pagar parcelado, terá a opção com as parcelas detalhadas.

Vale lembrar, é importante que o pagamento do valor da taxa, seja realizado dentro do prazo estabelecido.

Isso porque, em caso de atraso, você poderá pagar multa e no caso de uma blitz, além dos pontos na carteira, poderá ter o veículo apreendido.

Como Pagar O Seguro Obrigatório DPVAT

Com a guia em mãos, você só precisa ir até um banco credenciado.

Sendo assim, os bancos que recebem o pagamento variam de região para região, mas é bem fácil saber quais aceitam a quitação do seguro.

Assim, é só seguir os passos acima de “Como Emitir A Guia”, que irá surgir os bancos credenciados.

Então, basta se dirigir a um dos bancos, com o boleto em mãos.

Entretanto, em alguns casos, é possível fazer esse pagamento pelo internet banking do seu banco.

No entanto, certifique-se se sua instituição financeira é credenciada ao Detran.

Como Consultar Seguro DPVAT
Como Consultar Seguro DPVAT

Como Consultar Seguro DPVAT

Veja como consultar o Seguro DPVAT, isso é muito importante para quem tem veículos.

Isso porque, é a partir dessa consulta que você irá pagar o valor do seguro obrigatório.

Além disso, através da consulta, você fica a par da situação do seu veículo.

Ou seja, você ainda terá as informações sobre data de pagamento, valores e até mesmo outras pendências.

Portanto, sabendo disso, você já deve estar ciente de que fazer a consulta DPVAT é realmente importante.

No entanto, não é todo mundo que sabe fazer a consulta do seguro obrigatório.

No entanto, fizemos esse artigo para explicar como consultar e como fazer o pagamento DPVAT.

Entretanto, aqui também mostraremos outras questões importantes que envolvem esse seguro.

Sendo assim, vamos entender mais sobre o Seguro DPVAT?

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Consultar Seguro DPVAT:

O Que É O Seguro DPVAT E Para Que Serve

O seguro DPVAT, é um tributo obrigatório que deve ser pago anualmente pelos donos de veículos.

Isso porque, o pagamento DPVAT tem a intenção de garantir a todos os proprietários de veículos automotores, o direito a indenização em casos de acidentes.

Sendo assim, essa indenização é válida para o motorista, para o pedestre e todos que sofrerem lesão corporal por conta de um acidente de trânsito.

Portanto, consultar seguro DPVAT para ter acesso ao valor, é extremamente importante.

Assim, por ser um seguro obrigatório, é importante que ele esteja em dia.

Entretanto, é através do pagamento DPVAT que você garante o licenciamento do veículo.

Ou seja, você vai conseguir emitir o novo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, conhecido como CRLV.

Lembrando que, esse documento é necessário, pois ele garante que o seu automóvel circule pelas vias de maneira legal.

A Importância Do Seguro DPVAT

Pagar o valor do seguro é muito importante, pois garante que todas as vítimas de trânsito recebam essa indenização.

Sendo assim, a necessidade do seguro obrigatório fica mais evidente, quando consultamos os dados de acidentes de trânsito no Brasil.

Isso porque, o Brasil está entre os 5 primeiros países do mundo, com maior número de mortes no trânsito.

Ou seja, essa contribuição é realmente relevante, pois visa custear e indenizar as pessoas que sofrem esse tipo de acidente.

Entretanto, não para por aí, o valor do seguro obrigatório também é destinado para as campanhas educativas de trânsito.

Assim, os acidentes estão diminuindo cada vez mais e o valor da taxa do seguro obrigatório como você vai perceber ao consultar seguro DPVAT, também diminuiu.

Portanto, isso mostra, que realmente houve resultado positivo nessas campanhas educativas de trânsito.

E, o melhor de tudo, é que todos saem ganhando, o trânsito e o nosso bolso.

Aprenda A Consultar Seguro DPVAT

Para fazer consulta DPVAT, você irá precisar estar com os dados do seu veículo em mãos.

Sendo assim, é importante ter o número do Renavam e o número da placa do seu veículo.

No entanto, esta consulta pode ser realizada de maneira online, ou seja, você não precisa sair de casa.

Assim, para consultar seguro DPVAT, siga algumas orientações básicas.

Então, a primeira delas, é que você acesse o site da Seguradora Líder, que é a responsável pelo recolhimento do Seguro Obrigatório.

Entretanto, no site, procure do lado esquerdo por “como pagar” e você será direcionado para outra página.

Em seguida, você deve clicar em “Saiba como pagar”.

E, na próxima página, você já terá acesso ao mapa do Brasil, onde será necessário clicar no seu estado.

Assim, depois é só preencher os dados necessário, como o Renavam e o número da placa.

Portanto, depois disso é só fazer a consulta DPVAT.

Seguradora Líder

Sendo assim, segue abaixo o site da Seguradora Líder:

https://www.seguradoralider.com.br

Lembrando que, nessa página você terá as informações sobre os bancos credenciados, que recebem o pagamento DPVAT.

E, nesse mesmo local, você consegue emitir o boleto para fazer o pagamento DPVAT.

Ou seja, o processo para fazer consulta DPVAT é muito simples.

Vale lembrar, que esse procedimento também pode ser feito pelo site do Detran do seu estado, assim, no final do artigo deixamos uma lista de sites do Detran.

Sendo assim, basta procurar por “consultar débitos”, preencher os dados da placa e do Renavam, sem esquecer do código de segurança.

E, depois é só clicar em consultar, após carregada a página você terá acesso a todos os débitos do seu veículo.

Ou seja, essa é uma alternativa para consulta DPVAT e ainda mostra multas e débitos pendentes.

No entanto, se você achar muito complicado, existe outra opção, onde você pode ir direto no Detran de sua cidade.

Entretanto, tenha os documentos em mãos para solicitar a guia de pagamento.

Valor Do Seguro DPVAT

Através da consulta, você já tem acesso ao valor que será necessário desembolsar.

Lembrando que, essa quantia muda de acordo com o veículo.

Sendo assim, veja na tabela a seguir, com os valores de acordo com o veículo.

Tipo de automóvel Valor do seguro DPVAT
Automóvel e caminhonetas R$ 45,72
Carros de aluguel e aprendizado, táxi R$ 45,72
Caminhões, caminhonetes de até 1.500 kg R$ 47,66
Ciclomotores R$ 57,61
Micro-ônibus que cobra frete com lotação de até 10 passageiros R$ 103,17
Ônibus, micro-ônibus e lotação que cobra frete R$ 164,82
Motocicletas e motonetas R$ 185,50

No entanto, pode variar o valor, de acordo com o modelo e o ano do veículo.

Entretanto, é bom verificar para ter uma base do valor, assim, não haverá surpresas quando for emitido a guia de pagamento.

Lembrando que, em alguns casos é possível parcelar o valor.

Conclusão

Portanto, agora que você já sabe o que é o Seguro Obrigatório, a sua importância, como consultar e os valores, lembre-se que é importante pagar em dia.

Então, fique atento aos prazos e caso não saiba as datas corretas, Clique aqui e consulte.

Como Solicitar Seguro DPVAT
Como Solicitar Seguro DPVAT

Como Solicitar Seguro DPVAT

Veja como Solicitar Seguro DPVAT – É um dos impostos obrigatórios que todo começo de ano, é importante ficar atento, para ficar em dia com o pagamento da taxa.

Lembrando que, os donos de veículos devem pagar o IPVA, licenciamento e o valor do seguro DPVAT.

Sendo assim, é importante fazer a consulta e o pagamento DPVAT, pois é um seguro obrigatório.

No entanto, se você tem um veículo há algum tempo, isso não é novidade para você, que já deve estar cansando de tantos impostos.

Entretanto, você sabe quem tem direito ao seguro em caso de acidentes?

Sabe como dar entrada?

Tem noção dos valores pagos, ou das coberturas do seguro DPVAT?

Portanto, se não sabe a resposta dessas perguntas, então esse artigo é para você.

Lembrando que, muitas pessoas sofrem acidentes de trânsito e não sabem sobre essas informações importantes.

Sendo assim, aqui iremos tudo sobre o seguro DPVAT.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Solicitar Seguro DPVAT

Por Que É Importante Pagar O Seguro DPVAT

Primeiramente, antes de você dar entrada no seguro DPVAT, é necessário que você entenda a importância desse imposto.

Isso porque, muitas pessoas acham bobagem o seguro obrigatório, porque elas não sabem a finalidade dele.

Ou seja, elas pagam o valor do seguro DPVAT apenas por ele ser um imposto obrigatório.

Entretanto, não sabem para onde o valor é destinado e nem como ele pode acabar beneficiando a si mesmo.

No entanto, além do benefício, com o DPVAT consulta, você consegue acessar todas as pendências de seu veículo.

Sendo assim, é muito importante fazer a consulta, afinal, ninguém quer andar com o veículo irregular.

Lembrando que, existe o risco de ser parado em uma blitz, levar uma multa e ainda ter o veículo apreendido.

Assim, o pagamento DPVAT em dia é importante tanto para indenizar as pessoas que sofrem acidentes de trânsito, como também, para andar tranquilo com seu veículo regularizado.

Vale lembrar, que o valor do seguro DPVAT recolhido, é destinado também para pagar despesas médicas.

Onde, 45% do valor é destinado para o Ministério da Saúde, auxiliando nas consultas e despesas para os acidentados.

Já 5% tem como destino, as políticas públicas de trânsito, com intenção de amenizar os acidentes.

Inclusive, tem surtido efeito, sendo assim, a taxa do seguro DPVAT para carros teve uma leve redução quando comparada ao ano passado.

E, os 50% restante, é destinado para pagar os seguros e indenização.

Portanto, é importante consultar o seguro DPVAT e manter o pagamento em dia.

Como Solicitar Seguro DPVAT

Agora que entendemos a necessidade da consulta DPVAT e da quitação do valor, agora vamos ver como Solicitar Seguro DPVAT.

Sendo assim, para dar entrada no seguro obrigatório, é importante saber quais os documentações necessários, que podem variar de acordo com cada cobertura.

Isso porque, existem três coberturas de acidentes e cada uma delas exige uma documentação diferente.

Então, veja os documentos necessários para cada situação a seguir:

  • Em caso de morte: É necessário ter a certidão de óbito, o Boletim de Ocorrência (BO) e a prova da qualidade de conjugue ou herdeiro;
  • Em caso de invalidez: É necessário o BO e o Laudo do Instituto Médico Legal, estando atestado as lesões sofridas e se são permanentes, parciais ou totais e caso não exista IML no seu estado, você pode solicitar esse Laudo no médico indicado pela Seguradora Líder;
  • Em casos de despesas médicas: Você irá precisar ter em mãos, o BO e o comprovante dos gastos hospitalar, como recibo médico, cupom fiscal, dentre outros documentos que comprovem os gastos.

Portanto, com os documentos em mãos, você pode se dirigir a um Detran da sua região e solicitar o seguro.

0800 do Seguro DPVAT

E, também é possível solicitar o seguro, ligando no número abaixo:

*Telefone: 0800 022 12 04

Lembrando que, você pode dar entrada no seguro em até 3 anos, depois do dia do acidente.

Assim, ao dar entrada, é gerado um número de protocolo, para que você acompanhe todo o processo.

Vale lembra, que o tempo para pagamento da indenização é de 30 dias corridos, sem contar com a data de entrega da documentação.

Porém, esse tempo só é válido, quando a entrega dos documentos estão correta.

Ou seja, se ficar faltando alguma documentação, é preciso fazer a entrega correta e a contagem dos 30 dias, irá iniciar novamente.

Por isso, é importante que você saiba toda a documentação, dessa maneira o processo pode ser bem rápido.

Em seguida, após esse tempo e com a documentação toda correta, o valor é depositado na conta corrente do beneficiado.

Quem Pode Solicitar Seguro DPVAT

Essa é uma das maiores dúvidas de quem paga o valor do seguro DPVAT.

No entanto, é simples, o valor do seguro é oferecido para qualquer pessoa que sofreu acidente de trânsito.

Isso mesmo, todo mundo tem direito a indenização do seguro DPVAT.

E, isso é válido, até mesmo para quem não paga o seguro DPVAT, por não ter um veículo.

Isso porque, o seguro não abrange apenas quem tem veículo.

Sendo assim, toda vítima de acidente pode ser beneficiada com esse valor, seja ele pedestre, passageiro ou motorista.

Inclusive, quando você dar entrada no seguro DPVAT, não é solicitado a apuração de culpados.

Portanto, o valor da indenização é dado independentemente de você ser o responsável ou culpado pelo acidente.

Contudo, é importante que você saiba, que esse seguro não é válido para cobrir despesas materiais.

Então, se o seu carro saiu prejudicado durante o acidente, não cabe a Seguradora Líder – responsável pelo seguro – ressarcir o prejuízo.

Qual Valor Do Seguro DPVAT

Se você deu entrada e esta esperando receber o valor do seguro DPVAT, fique atento.

Isso porque, não existe um valor fixo, tudo depende da cobertura e da situação.

Por exemplo, em casos de despesas médicas, o valor máximo é de R$ 2.700,00.

Entretanto, nos casos de morte ou invalidez permanente, o seguro cobre até R$ 13.500,00.

No entanto, nos casos de invalidez, é analisado todo o laudo médico, tendo em vista o que foi sofrido.

Sendo assim, a partir daí é gerado um valor de X, que não pode ultrapassar os R$ 13.500.

E, em caso de morte, o valor é de R$ 13.500 por vítima.

Portanto, com essas informações, fica mais fácil entender qual será a quantia recebida em caso de acidente.

Quem Tem Direito Ao Seguro DPVAT
Quem Tem Direito Ao Seguro DPVAT

Quem Tem Direito Ao Seguro DPVAT

Veja quem pode receber o Seguro DPVAT – Você sabe da importância de consultar e pagar o valor do seguro DPVAT?

Isso porque, nem todos se informam a respeito do seguro obrigatório, muitas pessoas apenas pagam.

Entretanto, você sabe em que casos de acidentes, é possível ter direito ao seguro?

E, quais as condições necessárias para recebimento?

Portanto, nesse artigo, vamos mostrar todas as condições, como fazer a solicitação e outras informações importantes sobre o seguro DPVAT.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Quem Tem Direito Ao Seguro DPVAT:

O Que É O Seguro DPVAT

O seguro obrigatório, é conhecido como DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causado por Veículo Automotores de Via Terrestre, existente desde 1974.

Sendo assim, é um seguro considerado social, que tem o intuito de indenizar pessoas vítimas de acidente de trânsito.

Inclusive, esse seguro também é válido para pessoas que não possuem veículos.

Portanto, o seguro é um direito de todos, não sendo necessário a comprovação de culpado no acidente.

Lembrando que, é a Seguradora Líder a responsável pelo seguro DPVAT.

Entretanto, é obrigação dos donos de veículos, pagar o valor do seguro DPVAT em dia.

No entanto, antes de pagar esse seguro, é necessário fazer uma consulta DPVAT e em seguida, emitir a guia de pagamento.

Sendo assim, através do DPVAT consulta, é possível ter acesso a outras pendências do veículo, como: Multas ou IPVA atrasado.

Assim, após consultar seguro DPVAT, já com a guia em mãos, você só irá precisar fazer o pagamento DPVAT.

Vale lembrar, que esse valor do seguro DPVAT recolhido, tem destino certo, sendo 45% destinado ao Ministério da Saúde.

Essa porcentagem, visa custear o atendimento médico hospitalar para as vítimas de acidente de trânsito.

Já 5%, é usado na aplicação de políticas de prevenção de acidente, sendo destinado aos Ministérios das Cidades.

E, os últimos 50%, é voltado exatamente para o pagamento de indenização do seguro DPVAT.

Quem Tem Direito Ao Seguro DPVAT

Saber dos seus direitos, é um passo importante para ir atrás da indenização, por isso, é importante ter esse conhecimento em mãos.

Sendo assim, não se limite apenas a fazer consulta DPVAT e realizar o pagamento DPVAT, se informe mais sobre o assunto.

A boa notícia, é que qualquer pessoa vítima de um acidente automotor, tem direito a esse seguro.

Assim, não importa se a pessoa tem veículo ou não, sendo indiferente se é motorista, pedestre ou passageiro.

Portanto, sendo vítima de acidente de transito, você já tem direito de solicitar a indenização do seguro obrigatório.

Então, ficou claro, porque consultar e pagar seguro DPVAT em dia, é muito importante.

Assim, todas as pessoas, não importando quem seja, pode ser beneficiado por esse seguro obrigatório, caso sofra algum acidente.

Coberturas E Valores Do Seguro DPVAT

O valor não é fixado, isso porque, ele muda de acordo com a categoria do acidente.

Por exemplo, em casos de despesas médicas, o valor máximo é de R$ 2.700,00.

Entretanto, nos casos de morte ou invalidez permanente, o seguro cobre até R$ 13.500,00.

No entanto, nos casos de invalidez, é analisado todo o laudo médico, tendo em vista o que foi sofrido.

Sendo assim, a partir daí é gerado um valor de X, que não pode ultrapassar os R$ 13.500.

E, em caso de morte, o valor é de R$ 13.500 por vítima.

Portanto, com essas informações, fica mais fácil entender qual será a quantia recebida em caso de acidente.

O Que O Seguro DPVAT Não Cobre

Agora que você sabe sobre as coberturas e valores do seguro, é importante conhecer também, o que o DPVAT não cobre.

Dessa forma, fica mais fácil saber, sobre o que você pode solicitar ou não, no momento de entrar com o pedido da indenização.

Por isso, esteja ciente, que mesmo estando em dia com o pagamento DPVAT, existem algumas coisas que o seguro obrigatório não cobre.

Por exemplo, o seguro não cobre danos materiais sofridos no seu veículo por conta do acidente.

Ou seja, se o seu veículo ficou destruído depois do ocorrido, você não receberá indenização ou qualquer dinheiro referente ao conserto.

Além disso, o seguro não cobre multas ou despesas judiciais, caso você tenha sido o responsável pelo acidente.

Isso porque, quem faz esses tipos de coberturas, são os seguros particulares.

Sendo assim, existem diversas seguradoras privadas, que oferecem esse tipo de serviço.

Como Solicitar O Seguro DPVAT

Agora que você já sabe quem tem direito ao seguro e os tipos de coberturas, é importante saber solicitar.

Então, se o seu caso se encaixa em algumas das alternativas citadas acima, você pode entrar com o pedido de indenização.

No entanto, a solicitação pode acontecer em até 3 anos depois da data do acidente e o procedimento é bem simples.

Sendo assim, é possível solicitar a indenização através do site do Detran ou ligando para o número 0800 022 12 04.

Portanto, no final do artigo listamos vários sites do Detran para consulta.

Contudo, algumas documentações são exigidas de acordo com o tipo de acidente.

Então, veja os documentos necessários para cada situação a seguir:

  • Em caso de morte: É necessário ter a certidão de óbito, o Boletim de Ocorrência (BO) e a prova da qualidade de conjugue ou herdeiro;
  • Em caso de invalidez: É necessário o BO e o Laudo do Instituto Médico Legal, estando atestado as lesões sofridas e se são permanentes, parciais ou totais e caso não exista IML no seu estado, você pode solicitar esse Laudo no médico indicado pela Seguradora Líder;
  • Em casos de despesas médicas: Você irá precisar ter em mãos, o BO e o comprovante dos gastos hospitalar, como recibo médico, cupom fiscal, dentre outros documentos que comprovem os gastos.
Como Funciona Indenização DPVAT
Como Funciona Indenização DPVAT

Como Funciona Indenização DPVAT

Veja tudo sobre Indenização DPVAT – É uma das obrigações que os donos de veículos têm quando começa o ano.

Sendo assim, é esperado que todo motorista de automóvel cumpra com a quitação do valor do seguro DPVAT.

Além disso, também é esperado que esse mesmo motorista, saiba consultar seguro DPVAT.

Entretanto, essas informações básicas sobre esse seguro obrigatório, são simples e fácil de consultar.

No entanto, o cenário muda quando se fala na indenização ou na importância do pagamento DPVAT.

Isso porque, muitos indivíduos conseguem fazer o DPVAT consulta, porém, não entendem bem o que acontece em caso de acidentes.

Ou seja, mesmo sabendo fazer consulta DPVAT, eles não sabem solicitar a indenização, que é tão importante quanto qualquer outro processo.

Portanto, iremos ressaltar aqui, como funciona todo esse procedimento.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Funciona Indenização DPVAT:

O Que É O Seguro E A Importância Do DPVAT

O DPVAT, é o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais, que foram causados por veículos automotores via terrestre.

Entretanto, esse é um seguro privado de responsabilidade da Seguradora Líder, que tem a finalidade de reparar as vítimas de acidentes de trânsito.

Sendo assim, essas vítimas podem ser tanto o condutor, passageiro ou até mesmo o pedestre.

No entanto, esse seguro também abrange as famílias que perderem parentes em acidente de trânsito.

Isso porque, esse seguro obrigatório, cobre os acontecimentos de invalidez permanente, reembolso de despesas médicas e morte.

Lembrando que, para receber a indenização não é necessário provar inocência no acidente.

Como É Feito A Distribuição Do Recurso Arrecadado

Vamos lá, 45% do pagamento DPVAT, é destinado ao Ministério da Saúde, ou seja o SUS, para tratar aqueles acidentados no trânsito.

Já, 5% do recolhimento do valor do seguro DPVAT, vai diretamente para o Ministério da Cidade.

Sendo assim, é usado para as campanhas de prevenção a acidentes de trânsito, o que vem ajudando muito.

Prova disso, é a diminuição do valor do DPVAT para alguns automóveis, como é perceptível ao consultar seguro DPVAT.

E, os outros 50% do pagamento DPVAT, é destinado para as indenizações e os seguros.

Sabendo disso, fica fácil entender porque o DPVAT é tão importante.

Lembrando que, é necessário fazer o pagamento do valor do seguro DPVAT dentro do prazo estabelecido.

Assim, para fazer consulta DPVAT e saber os prazos estabelecidos, basta ir no site do Detran da sua região.

Vale lembrar, que consultar seguro DPVAT referente a datas, também pode ser feito no site da Seguradora Líder.

Para isso, basta clicar aqui e você terá acesso as datas por região.

Entretanto, saiba dos valores do seguro obrigatório, consultando a tabela abaixo, onde o preço varia de acordo com o veículo.

Então, veja a seguir a tabela:

Tipo de automóvel Valor do seguro DPVAT
Automóvel e caminhonetas R$ 45,72
Carros de aluguel e aprendizado, táxi R$ 45,72
Caminhões, caminhonetes de até 1.500 kg R$ 47,66
Ciclomotores R$ 57,61
Micro-ônibus que cobra frete com lotação de até 10 passageiros R$ 103,17
Ônibus, micro-ônibus e lotação que cobra frete R$ 164,82
Motocicletas e motonetas R$ 185,50

Quem Pode Requerer A Indenização DPVAT

Após ter passado por qualquer tipo de acidente de trânsito, é necessário primeiro saber como funciona a indenização.

Logo, o primeiro questionamento que surge, é sobre quem pode solicitar essa indenização.

Entretanto, a boa notícia é que qualquer pessoa vítima de um acidente de trânsito, tem direito a essa indenização.

Sendo assim, em caso de acidente, você pode solicitar essa indenização mesmo que você não tenha veículo.

Isso porque, essa indenização se aplica também a pedestres.

Portanto, as circunstâncias em que é possível solicitar a indenização, são:

  • Por morte;
  • Por invalidez;
  • Despesas médicas.

Lembrando que, você pode requerer a indenização em até 3 anos, a contar da data do acidente.

Quais Valores O Seguro DPVAT Cobre

Tudo depende do tipo de acidente que a vítima foi submetida, levando em consideração morte, invalidez e despesas médicas.

Sendo assim, em caso de morte, o valor é de R$ 13.500 por vítima.

Entretanto, já em casos de invalidez permanente, o valor muda de acordo com as sequelas que foram sofridas.

No entanto, o valor máximo para a cobertura desse seguro por invalidez, é de R$ 13.500.

E, o reembolso por despesas médicas, tem o valor máximo estabelecido em R$ 2.700 por vítima.

Como Dar Entrada No Seguro DPVAT

A solicitação de pagamento da indenização é bem simples e pode ser feita em até 3 anos, depois da data do acidente.

No entanto, a vítima pode solicitar a indenização através do número 0800 022 12 04, ou por meio do site do Detran da sua região.

Entretanto, você irá precisar ter alguns documentos em mãos, onde podem variar de acordo com as circunstâncias.

Sendo assim, veja os documentos necessários para cada situação a seguir:

  • Em caso de morte: É necessário ter a certidão de óbito, o Boletim de Ocorrência (BO) e a prova da qualidade de conjugue ou herdeiro;
  • Em caso de invalidez: É necessário o BO e o Laudo do Instituto Médico Legal, estando atestado as lesões sofridas e se são permanentes, parciais ou totais e caso não exista IML no seu estado, você pode solicitar esse Laudo no médico indicado pela Seguradora Líder;
  • Em casos de despesas médicas: Você irá precisar ter em mãos, o BO e o comprovante dos gastos hospitalar, como recibo médico, cupom fiscal, dentre outros documentos que comprovem os gastos.

Recebimento Da Indenização DPVAT

Após dar entrada na indenização, o tempo para o recebimento do benefício é de até 30 dias.

No entanto, quando a documentação está correta e sem pendências, o prazo pode ser mais rápido.

Entretanto, no caso de falta de documento ou irregularidade, o prazo é suspenso e reiniciado novamente após a solução das pendências.

Portanto, estando tudo correto, a indenização é depositada na conta corrente do beneficiário, em até 30 dias.

Duvidas Sobre Seguro DPVAT
Duvidas Sobre Seguro DPVAT

Duvidas Sobre Seguro DPVAT

Tire duvidas sobre Seguro DPVAT, também chamado de seguro obrigatório, gera muitas dúvidas nos motoristas.

Isso porque, há aqueles que desejam saber por quer pagar, como fazer consulta DPVAT, qual o valor do seguro DPVAT, entre outros.

Sendo assim, esse seguro visa ressarcir e indenizar as pessoas que sofrem acidentes de trânsito.

Ou seja, as dúvidas são muitas e as mais diferentes possíveis, assim, todo questionamento é relevante e importante.

Portanto, aqui nós reunimos todas as dúvidas sobre o DPVAT consulta, o pagamento DPVAT, datas de pagamento, dentre outras.

Veja o que temos de Duvidas Sobre Seguro DPVAT:

Qual Importância Do Seguro DPVAT

O DPVAT, é um seguro obrigatório, que tem um papel realmente importante que nem todos conhecem.

Sendo assim, esse seguro visa ressarcir e indenizar as pessoas que sofrem acidentes de trânsito.

Ou seja, o valor do recolhido do pagamento DPVAT, é destinado para beneficiar essas pessoas.

Lembrando que, 45% do valor vai para o Ministério da Saúde, visando custear despesas médicas.

E, já os 5% vai diretamente para as políticas públicas de conscientização sobre acidentes de trânsito.

Assim, os últimos 50%, é usado para pagar os seguros e indenização das vítimas de acidente.

Sabendo disso, fica fácil entender a importância de consultar seguro DPVAT e fazer o pagamento do mesmo.

Como Consultar A Guia De Pagamento Seguro DPVAT

A guia do seguro DPVAT, deve ser paga por todos os motoristas, não existindo nenhum tipo de isenção.

Por isso, se você tem um automóvel, deve saber como fazer a consulta dessa guia.

Entretanto, a boa notícia é que para fazer consulta DPVAT você não precisa nem sair de casa.

Sendo assim, você precisa apenas ter em mãos as informações do carro, como o número da placa e do Renavam.

Assim, tendo esses dados ao alcance, fazer o DPVAT consulta é algo muito simples e prático.

Contudo, a consulta deve ser realizada no site da Seguradora Líder – responsável pelo pagamento e recolhimento do seguro.

Portanto, já no site, procure do lado esquerdo e clique em “Como pagar”, depois procure “Saiba como pagar” e clique.

Em seguida, na próxima página irá aparecer o mapa do Brasil, então para consultar seguro DPVAT é preciso clicar no seu estado.

Placa e Renavam

Feito isso, você só vai precisar preencher os dados – placa e Renavam.

No entanto, o processo pode ser feito de maneira rápida clicando aqui, onde você já irá ser direcionado para a página do mapa do Brasil.

Sendo assim, nessa página estarão todas as informações sobre o seu veículo, como por exemplo, acesso as multas – caso houver.

Assim, nessa página você consegue ver o valor do seguro DPVAT e faz a emissão do boleto para pagamento.

Ou seja, esse processo do DPVAT consulta é bem simples e prático, onde você nem precisa sair de casa.

Inclusive, é possível fazer todo esse procedimento no site do Detran da sua região.

Em seguida, basta acessar o site e procurar “consultar débitos”, você então preencherá as informações de maneira bem simples.

Contudo, se preferir, você pode consultar seguro DPVAT em um posto do Detran da sua região.

E, lá você chega com os documentos e solicita as informações do DPVAT, já saindo com o boleto em mãos para pagamento.

Qual Valor E Quando Pagar A Guia Do Seguro DPVAT

Ainda irá fazer o pagamento DPVAT, mas antes quer saber o valor da guia de pagamento do seguro para não ter surpresas?

Vale lembrar,que o valor do seguro DPVAT muda de acordo com tipo de veículo.

Ou seja, se você tem uma moto e um carro, o valor para ambos são diferentes.

Entretanto, você pode ter acesso as essas informações na tabela abaixo:

Tipo de automóvel Valor do seguro DPVAT
Automóvel e caminhonetas R$ 45,72
Carros de aluguel e aprendizado, táxi R$ 45,72
Caminhões, caminhonetes de até 1.500 kg R$ 47,66
Ciclomotores R$ 57,61
Micro-ônibus que cobra frete com lotação de até 10 passageiros R$ 103,17
Ônibus, micro-ônibus e lotação que cobra frete R$ 164,82
Motocicletas e motonetas R$ 185,50

No entanto, com relação as datas do pagamento DPVAT, esse seguro obrigatório, também varia de estado para estado.

Isso porque, as datas são diferentes e passam por processos diferentes.

Por exemplo, às vezes o pagamento DPVAT deve ser pago juntamente com o licenciamento.

E, em casos de isenção de licenciamento, é estabelecido outras regras, como o pagamento juntamente do emplacamento.

Entretanto, para que não exista dúvidas ou atrasos no pagamento, você pode consultar os prazos no site da Seguradora Livre.

Então, basta clicar aqui e ver a data correta do pagamento desse seguro obrigatório.

Sofri Acidente, Tenho Direito A Indenização DPVAT?

Essa dúvida sobre quem tem direito a indenização do seguro DPVAT, é algo que gera muitas dúvidas.

Isso porque, muitas vezes, o indivíduo tem direito a esse benefício, porém não sabe e acaba sendo prejudicado.

Lembrando que, o próprio nome já diz, Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículo Automotores Via Terrestre.

Ou seja, se você sofreu um acidente de trânsito e teve danos pessoais, automaticamente você tem direito ao seguro DPVAT.

Os danos pessoais são:

  • Morte;
  • Invalidez permanente;
  • Despesas médicas hospitalares.

No entanto, não importa se você é o pedestre, motorista ou um simples passageiro, o seguro é também garantido para você.

Sendo assim, se você não tem carro e por isso não paga o valor do seguro DPVAT, ainda sim, tem direito a indenização.

Portanto, o benefício é para qualquer pessoa, como falamos acima, sem apuração de culpados.

Contudo, é importante que você saiba,que esse seguro não é voltado para danos pessoais.

Então, se a sua moto saiu com danos por conta do acidente, a Seguradora Líder não irá ressarcir você.

Como Dar Entrada No Seguro DPVAT

Sendo vítima de acidente de trânsito e sofrendo danos pessoais, você já pode dar entrada no seguro.

Lembrando que, o tempo estabelecido para solicitar o benefício, é de até 3 anos depois da data do ocorrido.

Para isso, você irá precisar se dirigir a um posto do Detran da sua região, com alguns documentos em mãos.

Entretanto, é possível fazer a solicitação ligando para o número 0800 022 12 04.

No entanto, a documentação exigida muda de acordo com o dano sofrido.

E, em casos de despesas médicas, é preciso ter em mãos o BO e as notas fiscais.

Já no caso de invalidez permanente, são necessários também o BO e o laudo médico do Instituto Médico Legal (IML).

No caso de morte, é necessário apresentar a Certidão de Óbito e o BO.

Nesse último caso, o beneficiário será o conjugue ou herdeiro, sendo preciso comprovar ligação.

Consultar Multa De Transito Online
Consultar Multa De Transito Online

Consultar Multa De Transito Online

Veja como Consulta Multa de transito – Se você já dirige há algum tempo, com certeza já deve ter sido multado sem saber o porquê.

Isso porque, as vezes você nem sabe que foi multado, porque a carta não chegou em seu endereço.

Isso acontece, porque muitas vezes, as cartas são extraviadas ou são enviadas no endereço errado, além das situações em que os Correios entram em greve.

Entretanto, quando você percebe já é tarde, nesse tempo, você acaba utilizando seu veículo com débitos atrasados.

Sendo assim, ter uma alternativa prática de consultar multas Detran, ajuda muito.

No entanto, muita gente não sabe, que é possível fazer essa consulta de multas, sem sair de casa.

Isso mesmo, é possível consultar multas online pelo computador, ou até mesmo celular.

Portanto, nesse artigo, vamos mostrar o passo a passo, de como consultar Multas, além de outras informações importantes.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Consultar Multa De Transito Online:

Como Fazer Consulta Multa De Transito Online

Com tantas obrigações no dia a dia, é comum se esquecer daquela tal multa e atrasar o pagamento.

No entanto, o que acontece?

Sendo assim, temos de arcar com os juros cobrados, tendo de desembolsar ainda mais dinheiro.

Assim, fazer uma consulta de multa de transito online, é uma alternativa rápida e prática.

Isso porque, é possível realizar em casa, podendo até mesmo fazer o pagamento online, sem ter que se preocupar com as filas de banco.

Contudo, algumas pessoas não sabem como funciona a consulta de multas, por isso mostraremos o passo a passo.

Consulta Multas – 1º Passo

O primeiro passo para fazer a consulta de multas, é entrar no site do Detran da sua região.

Sendo assim, no final do artigo listamos vários sites do Detran para consulta.

Consulta Multas – 2º Passo

Chegando no site para consultar multas Detran, você vai ter que procurar por algumas informações.

Assim, sendo elas “Consulta de Veículos”, “Consulta de Débitos” ou apenas “Veículo”.

Portanto, essas são as principais opções que você deve clicar, isso porque, essas informações mudam de acordo com cada site.

Ou seja, não existe uma nomenclatura exata, para fazer a consulta de multas.

Sendo assim, encontrando a opção, você clica e será redirecionado para outra página.

Entretanto, em alguns sites, a outra pagina já pode ser para preenchimento das informações.

Consulta Multas – 3º Passo

O terceiro e último passo para consultar valores de multa de transito, é o preenchimento das informações.

Sendo assim, será necessário o número da placa do veículo e o Renavam.

Em seguida, após o preenchimento dos dados, clique em “consultar” e as informações irão aparecer.

Pronto, feito isso, você terá acesso a todas as pendências relacionadas ao veículo.

Portanto, ao consultar multas Detran, você tem acesso a todo o histórico do veículo.

Lembrando que, além de Multas, você consulta IPVA, DPVAT e outras pendências do seu veículo, caso houver.

Por essa razão, é muito importante você fazer essa consulta de multas periodicamente.

A Importância De Consultar Multa De Transito

A importância de consultar multas Detran, são muitas.

Sendo assim, a principal delas é que você verifica pendencias, que por muitas vezes, você acaba se esquecendo por causa da correria do dia a dia.

Ou seja, devido ter esquecido, o boleto acaba ficando atrasado e aquela conta que era pequena, acaba se tornando algo grande por conta do atraso e dos juros.

Além disso, você só consegue licenciar o seu veículo e emitir o CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, se o seu automóvel estiver sem multas.

Isso porque, a CRLV é obrigação de todos os donos de veículo, não fazendo esse licenciamento, você estará circulando de maneira irregular.

Assim, quitar os valores de multa de transito, evita que você fique trafegando com o veículo de maneira ilegal.

E, o pior de tudo, é que se você for pego em uma blitz sem o licenciamento, além de receber uma multa, você pode ter o veículo apreendido.

Sendo assim, a multa é de R$ 293,47 e 7 pontos na CNH – Carteira Nacional de Habilitação.

Portanto, uma coisa acaba ligando a outra e a dívida só aumenta.

Por esse motivo, consultar multas Detran online, é a alternativa mais viável e prática, para saber se existe pendências no veículo.

O Valor Da Multa É Muito Alto E Agora?

Fez uma consulta de multas, porém, teve uma surpresa nada agradável com os valores à pagar?

Entretanto, isso é algo comum, pois muitas pessoas não tem o costume de consultar periodicamente.

No entanto, casso isso aconteça, saiba que é possível fazer o parcelamento das multas, principalmente para esses casos.

Sendo assim, fazer o parcelamento das multas, se torna algo muito vantajoso nesses casos.

Isso porque, acaba sendo a melhor forma de se conseguir cumprir com os pagamentos.

Lembrando que, como mencionamos, sem a quitação das multas, você não consegue fazer o licenciamento.

E, sem o licenciamento, você não pode circular de maneira legalizada.

Então, vale lembrar, que o parcelamento das multas pode ser realizado pelo seu banco, mas primeiro certifique-se que ele é credenciado ao Detran.

Assim, ao chegar na sua agência bancária com os documentos do carro em mãos, solicite a negociação dos valores.

Entretanto, é possível dividir em até 12 vezes, desde que as parcelas fiquem no mínimo em R$ 50,00.

No entanto, se você é pessoa jurídica, esse valor só poderá ser divido em parcelas com no mínimo R$ 300,00.

De toda forma, a melhor alternativa é sempre conversar com o atendente do banco.

Dessa maneira, fica fácil encontrar um valor X, que seja possível pagar e assim, poder andar no seu veículo de maneira legal.

Pagar Multa De Transito Online
Pagar Multa De Transito Online

Pagar Multa De Transito Online

Veja como Pagar Multa de transito – É sempre um transtorno e muitas pessoas não sabem, mas é possível consultar e pagar os valores online.

Sendo assim, acabam perdendo horas indo até o Detran e mais algumas horas nas filas de banco.

Assim, desperdiçando tempo e paciência para fazer algo simples, que pode ser realizado através da internet.

No entanto, com tantas obrigações, as vezes fica difícil consultar multas Detran e fazer o pagamento quando necessário.

Entretanto, acaba acumulando e tudo vira uma bola de neve.

Tudo isso, por não saber, que esse processo é realizado de maneira online.

Portanto, neste artigo, vamos mostrar a melhor maneira de consultar o Detran multas.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Pagar Multa De Transito Online:

Tipos De Multa De Transito

Antes de consultar Multa De Transito, é necessário que você entenda como funciona os tipos de multas.

Sendo assim, as multas de trânsito são divididas em categorias, sendo:

  • Leves;
  • Médias;
  • Graves;
  • Gravíssimas.

Assim, esta divisão, tem a intenção de penalizar o motorista de maneira proporcional a infração cometida.

Portanto, fica fácil entender que quanto mais grave é a multa, maiores serão os valores de multas de transito.

No CTB artigo 258, estão determinados os valores das multas, como:

  • Multa leve: R$ 88,38;
  • Multa média: R$ 130,15;
  • Multa grave: R$ 195,23;
  • Multa gravíssima: R$ 293,47.

No entanto, nos casos das multas gravíssimas, o valor pode ser ainda maior, dependendo da infração cometida.

Como Fazer A Consulta De Multa De Transito

Primeiramente, para saber o valor correto, é necessário consultar multas Detran.

No entanto, esta maneira de consultar multas pela internet, é algo bem simples e fácil.

Então, você deve acessar o site do Detran da sua região.

Sendo assim, no final do artigo listamos vários sites do Detran para consulta.

Isso porque, cada Estado tem o site do Detran, onde você encontra diversas informações relevantes, além das notícias.

Assim, já no site do Detran, você procura por “Veículo”, “Consulta de Veículos” ou “Consulta de Débitos”.

Entretanto, algumas já abrem diretamente no campo de preenchimento dos dados do veículo.

Lembrando que, os principais dados solicitados, é o Renavam e a Placa do Veículo.

Vale lembrar, que lá é possível ter acesso a Multas, IPVA, Extrato, ou qualquer outro tipo de pendência que houver.

Então, basta preencher as informações do carro, como o Renavam e número da placa e então, você terá acesso as informações.

Assim, através da consulta Detran multas, você também tem acesso a guia de pagamento, para pagar o valor da multa.

Como Pagar Multa De Transito Online

Feito a consulta de multas, como mencionamos acima, você tem acesso ao valor que deve ser pago.

Lembrando que, fazer esse procedimento online, faz com que ganhemos tempo para outras obrigações diárias.

Sendo assim, além de conseguir consultar multas Detran pela internet, você também paga esses valores online.

No entanto, para pagar online, certifique-se se o seu banco permite fazer pagamentos do Detran.

Assim, caso seja possível, então é só acessar o internet banking do seu banco e fazer o pagamento.

Lembrando que, é possível ter descontos nos valores quando pago antecipado.

Sendo assim, o desconto pode chegar em até 20% do valor total, portanto, é sempre importante verificar.

É Possível Parcelar A Multa De Transito

Teve uma surpresa ao consultar e se deparar com um valor maior do que se imaginava?

Entretanto, saiba que essa situação, é mais comum do que se imagina.

Isso porque, todos os dias, diversos motoristas são multados e acabam nem sabendo dessas pendências.

Geralmente, eles acabam ficando ciente, somente depois de ser parado em uma blitz.

No entanto, outros só sabem, quando vão fazer a consulta online do IPVA, DPVAT ou licenciamento.

Sendo assim, muitos encontram no parcelamento, a melhor saída para quitar os débitos.

Entretanto, esse parcelamento de multas não pode ser feito online.

Portanto, o parcelamento deve ser realizado diretamente no seu banco.

No entanto, é necessário que a instituição financeira seja credenciada ao Detran da sua região.

Por isso, certifique-se, antes de procurar negociar os valores.

Porém, a boa notícia, é que se o seu banco for credenciado, esse valor poderá ser parcelado em até 12 vezes.

Entretanto, a parcela mínima deve ser de R$ 50,00 para pessoas físicas.

E, para pessoas jurídicas o valor mínimo é de R$ 300,00.

Vale ressaltar, que essa forma de parcelamento de débitos em atraso, só vale para multas.

Portanto, não é possível para outras obrigações em atraso, como:

  • IPVA;
  • DPVAT;
  • Licenciamento.

Consequências Do Não Pagamento De Multa De Transito

Já vimos, que consultar e fazer o pagamento de multas de transito online, é simples e fácil.

No entanto, você sabe o que acontece quando esse pagamento de multas não é feito?

Sendo assim, a principal consequência do não pagamento de multas, é que você não irá conseguir licenciar seu veículo.

Assim, o não pagando do licenciamento, por consequência, não será possível circular de maneira regular.

Lembrando que, caso seja pego com o licenciamento atrasado, será gerado multa e apreensão do veículo.

Portanto, não pagar multas, gera graves consequências.

Além disso, as multas em atraso sofrem juros, o que pode tornar um problema ainda maior.

Sabendo disso, procure manter seu veículo com as taxas regularizadas.

Portanto, faça a consulta de multas online de maneira periódica, assim, você evita surpresas indesejáveis.

Como Consultar Pontos Na CNH
Como Consultar Pontos Na CNH

Como Consultar Pontos Na CNH

Veja como consultar Pontos na CNH – A consulta de pontos, assim como Multas de transito, DPVAT, IPVA, Licenciamento e outros, não é costume das pessoas consultar.

Sendo assim, a consulta de pontos na CNH, geralmente acontece depois de uma ou mais multas de trânsito.

No entanto, existem diversos tipos de multas, como a multa por excesso de velocidade ou multa por estacionar em um local proibido.

Entretanto, quando menos se espera, quando se faz uma consulta de multas, você se depara com pontos acumulados na CNH.

Portanto, neste artigo iremos mostrar como fazer a consulta de pontos na CNH.

Então, fique atento a nossas informações.

Veja o que temos sobre Como Consultar Pontos Na CNH:

Atingi 20 Pontos Na CNH E Agora?

Depois de fazer a consulta de pontos na CNH, você percebeu que fez 20 pontos e não sabe o que fazer?

Sendo assim, nesse cenário você precisa analisar a natureza das últimas infrações, se foram elas leves ou média.

Assim, você pode tentar converter essa multa em uma advertência, que é bem melhor.

Entretanto, se você não foi o responsável pela infração, use a notificação de atuação, preenchendo o formulário.

Assim, os pontos serão transferidos para a outra pessoa, a responsável por cometer a infração.

Portanto, essas são as alternativas mais viáveis.

Por isso, sempre procure fazer as consultas de pontos CNH, assim você evita surpresas desagradáveis.

Como Funciona Os Pontos Na CNH

Primeiramente, além de ser importante consultar multas, IPVA, dentre outros, você precisa saber como funciona os pontos na CNH.

Isso porque, essa informação é muito importante para que você não perca a CNH.

Sendo assim, os pontos na CNH, servem para que haja um controle e monitoramento daqueles que exageram nas infrações.

Assim, a partir desses pontos e dessa penalidade, é possível em alguns casos, fazer com que o motorista mude de comportamento.

Isso porque, ele terá que pagar valores de multas de transito, arcar com os pontos e até mesmo ter o veículo apreendido.

No entanto, sem contar que a carteira de habilitação pode ser suspensa por até 6 meses, dependendo do caso.

Então, entenda melhor como os pontos na CNH são divididos:

  • Leve – 3 pontos;
  • Média – 4 pontos;
  • Grave – 5 pontos;
  • Gravíssima: 7 pontos.

Entretanto, se você consultar multas e ver que os pontos na CNH estão próximos de 20, é melhor ficar atento.

Por isso, é sempre importante fazer a consulta de pontos na CNH, assim evita surpresas.

Fazendo A Consulta De Pontos Na CNH

A consulta de pontos na CNH, serve também para ver os valores das multas de transito sofrida.

No entanto, é algo que deve ser feito de maneira periódica, para haver um controle desses pontos.

Contudo, não é todo mundo que sabe fazer essa consulta, mesmo sendo algo simples.

Sendo assim, existem algumas maneiras de fazer essa consulta, a primeiras delas é indo a um posto do Detran da sua região.

Entretanto, é importante chegar lá com sua carteira de habilitação em mãos, pois esse documento é necessário para a consulta de multas.

Em caso de perca ou roubo da CNH, chegue ao Detran com o boletim de ocorrência, assim não terá dificuldades.

E, a segunda alternativa para a consulta de pontos na CNH, é através da página do Detran da sua região.

No entanto, caso não saiba qual o site do Detran para fazer a consulta, veja a lista abaixo.

Sites do Detran

Sendo assim, nesses sites você consegue consultar multas Detran, além dos pontos e outras pendências.

Portanto, ao acessar o site, preencha as informações necessárias, geralmente é o Renavam e o número da placa.

Feito isso, você será direcionado para a página de informações, onde irá constar os pontos e também as multas.

Entretanto, existe outra forma de fazer essa consulta de pontos na CNH, que é através do aplicativo Autochek do Detran.

Lembrando que, o download do aplicativo é feito em dispositivos Android e IOS, no entanto, ele só esta disponível em alguns estados.

Assim, o aplicativo ajuda na consulta, pois informa a marca, o modelo e a cor do veículo.

Portanto, facilita muito, pois o usuário terá a certeza se aquele veículo é realmente dele ou não.

Inclusive, essa mesma forma de consultar pontos na CNH, também é utilizada na consulta de multas.

Ou seja, você terá acesso aos pontos na carteira, além dos valores de multas de transito pendente.

Sendo assim, é possível imprimir a guia para pagamento das multas, caso seja necessário.

A Importância De Consultar Pontos Na CNH

É muito importante fazer a consulta de pontos na CNH por uma série de fatores, a principal, são os riscos de suspensão da CNH, caso exceda o limite de pontos.

Sendo assim, ao atingir 20 pontos na carteira, em um período de 12 meses, já é motivo para a suspensão acontecer.

No entanto, não pense que os 12 meses são de janeiro a dezembro.

Assim, o cálculo dos pontos é realizado através do histórico dos últimos 12 meses.

Ou seja, atingindo os 20 pontos, você fica 6 meses suspenso, não podendo mais dirigir.

E, após a penalidade confirmada, você deve entregar a sua carteira em um órgão de trânsito.

Geralmente, você é notificado por uma carta postal, tendo um prazo para entregar a CNH.

No entanto, esse prazo muitas vezes, é de até 48 horas, ou seja, um tempo bem curto.

Por isso, é sempre importante fazer essa consulta de pontos, assim você fica ciente de quantos pontos tem.

Sites Do DETRAN Por Região
Sites Do DETRAN Por Região

 

Sites Do DETRAN Por Região

Nestes sites, é possível verificar dados, como débitos existentes, e consulta RENAVAM.

Além disso, é possível consultar multas ou somente consulta placa DETRAN (consultar placa de veiculo)

Norte

Acre – http://www.detran.ac.gov.br

Amazonas – http://www.detran.am.gov.br

Roraima – http://www.detran.rr.gov.br

Rondônia – http://www.detran.ro.gov.br

Amapá – http://www.detran.ap.gov.br

Pará – http://www.detran.pa.gov.br

Tocantins – http://www.detran.to.gov.br

Nordeste

Maranhão – http://www.detran.ma.gov.br

Piauí – http://www.detran.pi.gov.br

Ceará – http://www.detran.ce.gov.br

Rio Grande do Norte – http://www.detran.rn.gov.br

Paraíba – http://www.detran.pb.gov.br

Pernambuco – http://www.detran.pe.gov.br

Alagoas – http://www.detran.al.gov.br

Sergipe – http://www.detran.se.gov.br

Bahia – http://www.detran.ba.gov.br

Centro-Oeste

Mato Grosso – http://www.detran.mt.gov.br

Mato Grosso do Sul – http://www.detran.ms.gov.br

Goiás – http://www.detran.go.gov.br

Brasília (Distrito Federal) – http://www.detran.df.gov.br

Sul

Paraná – http://www.detran.pr.gov.br

Santa Catarina – http://www.detran.sc.gov.br

Rio Grande do Sul – http://www.detran.rs.gov.br

Sudeste

Minas Gerais – http://www.detran.mg.gov.br

São Paulo – http://www.detran.sp.gov.br

Rio de Janeiro – http://www.detran.rj.gov.br

Espírito Santo – http://www.detran.es.gov.br

Contudo, se o artigo foi interessante para você COMPARTILHE com seus amigos e os ajude com essas informações.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade